Foto Galeria | 02-07-2018

Corrida de famílias no Montijo

1 / 14
Corrida de famílias no Montijo

António Ribeiro Telles

2 / 14
Corrida de famílias no Montijo

António Goes do Grupo de Santarém

3 / 14
Corrida de famílias no Montijo

Luis Rouxinol

4 / 14
Corrida de famílias no Montijo

Ricardo Parracho do Grupo do Montijo

5 / 14
Corrida de famílias no Montijo

Manuel Telles Bastos

6 / 14
Corrida de famílias no Montijo

Hugo Santana do Grupo de Santarém

7 / 14
Corrida de famílias no Montijo

Luis André Rouxinol

8 / 14
Corrida de famílias no Montijo

José Pedro Suissas

9 / 14
Corrida de famílias no Montijo

António Ribeiro Telles

10 / 14
Corrida de famílias no Montijo

Manuel Telles Bastos

11 / 14
Corrida de famílias no Montijo

Ruben Giovetti

12 / 14
Corrida de famílias no Montijo

Luis Rouxinol

13 / 14
Corrida de famílias no Montijo

Luis André Rouxinol

14 / 14
Corrida de famílias no Montijo

Hélio Lopes do Grupo do Montijo

Teve lugar na Monumental Amadeu Augusto dos Santos, no Montijo, na noite do dia 30 de Junho, a tradicional corrida de Toiros, integrada nas Festas de S. Pedro.

Teve lugar na Monumental Amadeu Augusto dos Santos, no Montijo, na noite do dia 30 de Junho, a tradicional corrida de Toiros, integrada nas Festas de S. Pedro, e em que se apresentaram duas famílias toureiras, a Ribeiro Telles e a Rouxinol. Foi uma corrida morosa, devido à longa permanência na arena do segundo toiro da ordem. Lidaram-se seis exemplares bem apresentados dos Herdeiros de António Coelho Charrua, com o maioral a dar a volta à arena após a lide do quinto da ordem.

António Ribeiro Telles rubricou uma excelente actuação, na lide do primeiro da ordem. Regular na colocação da ferragem comprida. Na curta, pôs-se de largo, dando vantagem ao toiro que cresceu ferro após ferro. Esteve imponente .

Luis Rouxinol esteve empolgante na lide do segundo da ordem, um andarilho com pouca fixidez, ao qual Rouxinol se sobrepôs, elevando as bancadas ao rubro.

A Manuel Ribeiro Telles Bastos também tocou um oponente de pouca fixidez, levando a cabo uma bela lide que muito se aplaudiu.

Luis André Rouxinol teve uma boa actuação. Recebeu com alegria um inimigo que por vezes se adiantava à montada. Foi uma lide variada de sortes, culminada com um par de bandarilhas e um “palmito”.

As lides a duo, ministradas aos 5º e 6º, resultaram alegres, tendo ambas as parelhas de ginetes agradado ao conclave, que as aplaudiu.

No que toca à forcadagem, estiveram bem esforçados. Pelos Amadores de Santarém, foram à cara António Goes, Hugo Santana e Ruben Giovani, enquanto que pelos do Montijo, fizeram-no Ricardo Parracho dobrado por João Paulo Damásio, José Pedro Suissas e Hélio Lopes.

Corrida bem dirigida por Lourenço Lúzio.

Texto e fotos de Henrique de Carvalho Dias

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo