O MIRANTE TV | 12-02-2008

João Lopes Abreu - Associativismo

João Lopes Abreu foi reeleito em Janeiro para mais um mandato de três anos à frente da direcção do CADE – Clube Amador de Desportos do Entroncamento. Vão ser mais três anos a juntar aos 25 que já leva a comandar a nau que transporta o sonho de centenas de crianças e jovens que querem ser jogadores de futebol. Daí o orgulho que diz sentir por ser parte activa de um projecto que tem ajudado a formar homens de ontem, de hoje e de amanhã.

O Clube nasceu em 1975 da vontade de um grupo de 27 amigos. Sopravam ventos de liberdade em Portugal. O CADE constituiu-se como uma organização de novo tipo. Pelo menos evoluiu nesse sentido. Tornou-se uma referência a nível da formação de jovens futebolistas. Marcou pontos a todos os níveis. Filosofia, organização, ambição.Do CADE têm saído jogadores para os clubes grandes do futebol nacional. Mas esse não é o único orgulho dos seus dirigentes e técnicos. Nem sequer o maior. O trabalho mais importante tem sido o de formar cidadãos e amantes do desporto. Ali tudo é vivido como numa grande família. A proximidade é muito grande. A entreajuda é constante. No dia em que O MIRANTE se encontrou com João Abreu para fazer as imagens que estamos a ver, sentámos o presidente do CADE no meio de grupo de jovens atletas de palmo e meio e perguntamos se algum deles sabia quem era aquele senhor. A resposta veio certa e em coro. É o presidente. O advogado, a quem O MIRANTE atribui o prémio Personalidade do Ano na área do Associativismo, nasceu há 55 anos, na pequena localidade de Mouriscas e formou-se em direito. Empreendedor diz que o próximo objectivo do clube é lançar os alicerces de uma nova e condigna sede social na zona do Bonito onde estão concentradas todas as infraestruturas desportivas da cidade. A dedicação de João Abreu ao dirigismo levaram-no a ocupar outros cargos. Nesta altura é presidente da assembleia-geral do Grupo Desportivo “Os Esparteiros”, uma das associações da sua terra natal. Foi presidente do Conselho Jurisdicional da Associação de Futebol de Santarém e Membro do Conselho de Disciplina da Associação de Patinagem do Ribatejo.O presidente do CADE diz que consegue conciliar bem a vida familiar, a vida profissional e a sua dedicação ao clube. Elogia a esposa, que sempre o apoiou e fala dos filhos, sem tentar disfarçar o enorme orgulho que sente por eles. Para os amigos reserva as sextas-feiras a partir das seis da tarde, altura em que jogam futebol de salão, convivem e jantam.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo