O MIRANTE TV | 14-02-2008

Um toiro fugido na lezíria

Três toiros tresmalharam-se quarta-feira, dia 13, da herdade da ganadaria Herdeiros de Infante da Câmara, em Vale de Figueira, Santarém. Um deles foi capturado pelo bandarilheiro Nuno Gonçalves com o apoio do forcado dos Amadores de Coruche, Marco Mendes. Os dois outros novilhos foram conduzidos por campinos com a ajuda de cabrestos.

O toiro fugido foi avistado em Reguengo do Alviela. Os dois funcionários da ganadaria seguiram o animal num jipe e a dada altura Nuno Gonçalves, bandarilheiro de Tito Semedo, saltou do carro e enfrentou o toiro com o capote até conseguir agarrá-lo pelo rabo. “Dei-lhe dois ou três lances de capote e rabujei-o. Foi então que o Marco Mendes agarrou o toiro de cernelha e ajudou a derrubá-lo”. De seguida o animal, com cerca de dois anos e 300 quilos de peso”, foi atado nas patas e levado para a herdade com o apoio de mais pessoas.Não se sabe bem como os animais fugiram. Desconfia-se que possam ter saltado a vedação ou passado por algum buraco existente na rede. Os toiros andaram fugidos durante quatro horas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo