O MIRANTE TV | 11-02-2019

Pegadas de dinossauros de Vale de Meio tardam em ser valorizadas

O Centro de Ciência Viva do Alviela promoveu um passeio científico que levou os participantes até à pedreira de Vale de Meios.

O Centro de Ciência Viva do Alviela, promoveu na manhã de sábado, 9 de Fevereiro, um passeio científico que levou os participantes até à pedreira de Vale de Meios, no concelho de Santarém, para visitar umas das mais importantes jazidas de pegadas de dinossauro do país.

A paleontóloga Vanda Santos, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, falou a O MIRANTE sobre a valorização das pegadas de Vale de Meios, colocadas à vista graças à exploração de uma pedreira.

Vanda Santos considera que após a exploração das pedreiras deve ser feita a recuperação do local, para evitar a descaracterização da paisagem causada pela indústria extractiva e também garantir a sua geoconservação.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1390
    13-02-2019
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1390
    13-02-2019
    Capa Médio Tejo