Política | 24-02-2005 17:35

Vítor Guia sem confiança política

A concelhia do PS da Golegã retirou a confiança política ao vereador da Câmara da Golegã, Vítor Guia, que em Junho do ano passado deixou de exercer o cargo de vice-presidente da autarquia devido a incompatibilidades com o presidente do município Veiga Maltez (PS). O partido considerou que Vítor Guia usou o processo que previa a integração da freguesia escalabitana do Pombalinho no concelho da Golegã - com consequente amputação de parte da freguesia de Azinhaga - contra o presidente da câmara, Veiga Maltez, eleito como independente na lista socialista. Um projecto de lei aprovado em Dezembro na Assembleia da República que o Presidente da República acabou por não promulgar.A concelhia socialista da Golegã, presidida por Rui Medinas, entende que o vereador teve a intenção de “atingir, propositadamente, o presidente da autarquia evidenciando deslealdade e má fé, prejudicando o PS e beneficiando a CDU”, pode ler-se num comunicado posto a circular na Golegã.Recorde-se que Vítor Guia envolveu-se na contestação ao projecto-lei que “roubava” 400 hectares à freguesia, atribuindo-os à freguesia de Pombalinho. Contestou ainda as novas fronteiras que resolviam o problema no lugar de Casal Centeio, que passaria a pertencer todo à freguesia de Pombalinho, mas que dividia o lugar de Mato Miranda, que integra a Azinhaga, por duas freguesias. Para além de Vítor Guia, outros dois autarcas independentes eleitos pelo partido, o vereador Francisco Alcobia e o presidente da Junta de Freguesia da Azinhaga Francisco Asseiceira, também viram ser-lhes retirada a confiança politica.Vítor Guia, que garante não ter sido ouvido por ninguém do partido, prefere guardar a sua posição para depois da realização de uma reunião extraordinária da concelhia socialista, da qual faz parte, que entretanto requereu. Notícia mais desenvolvida na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo