Política | 22-04-2006 09:03

Polémica da Águas do Ribatejo não afecta construção do emissário de Coruche

A obra de construção do emissário da vila de Coruche não vai sofrer qualquer alteração com o impasse criado no seio da Comunidade Urbana da Lezíria do Tejo (CULT) relativamente ao processo de criação da empresa intermunicipal Águas do Ribatejo.A garantia é dada pelo presidente da Câmara de Coruche que recorda que a obra foi adjudicada pela CULT e com financiamentos comunitários assegurados. O estaleiro da empresa que vai realizar a obra já está no terreno junto ao rio Sorraia.Dionísio Mendes prefere também não comentar a situação da negociação isolada de contrapartidas por parte do presidente da Câmara de Santarém com o consórcio vencedor do concurso, Francisco Moita Flores (PSD).Recorda que a CULT decidiu solicitar um parecer jurídico sobre a situação e que, só depois, haverá uma posição conjunta. Coruche é a única sede de concelho do distrito sem tratamento de esgotos.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo