Política | 29-04-2006 17:23

Dívida da Câmara de Santarém atingiu os 80 milhões

O vice-presidente da Câmara de Santarém, Ramiro Matos (PSD), garantiu na sessão da assembleia municipal de quinta-feira que os compromissos assumidos pelo municipio que se encontram por liquidar ascendem aos 80 milhões de euros.O autarca acenou com um conjunto de folhas onde supostamente estão despesas já assumidas e que não foram pagas, para contrariar a bancada socialista. Os eleitos do PS tinham-se socorrido dos números patentes no relatório e contas de 2005 para alegarem que a dívida do município, que geriram até Outubro de 2005, não ultrapassa os 50 milhões de euros. Ao contrário do que tem propalado o PSD, que tem apontado sempre para números bem mais elevados.Ramiro Matos explicou então que para além das dívidas contabilizidas no documento de prestação de contas há uma lista de valores sem dotação orçamental, que por isso não surgem nas contas de gerência. São cerca de 30 milhões de euros afirmou o vice-presidente, convidando "quem quiser" a consultar essa lista. No total, segundo Ramiro Matos, a dívida de curto prazo (a fornecedores, associações, juntas de fregeusia) atingiu os 58 milhões de euros e a de médio e longo prazo (sobretudo a banca) 22,7 milhões de euros.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo