Política | 07-05-2006 11:22

Presidente da distrital do PS quer unificar o Ribatejo

A solidariedade e o reforço da liderança do Ribatejo enquanto região são as principais linhas de orientação do novo presidente da Federação Distrital do PS, segundo referiu no discurso de encerramento do congresso distrital que decorreu este sábado em Santarém. António Rodrigues defendeu a extinção das duas comunidades urbanas (Lezíria e Médio Tejo) apostando numa na região única do Ribatejo com uma “única capital que é Santarém”. António Rodrigues desejou que os militantes se unissem, referindo que “toda a gente é importante no PS”. E comprometeu-se a trabalhar junto das concelhias do partido para encontrar bons candidatos e que trabalhem bem para disputarem as próximas eleições autárquicas. O congresso, que decorreu no Teatro Sá da Bandeira, teve por objectivo eleger os elementos que compõem a comissão política distrital, a comissão federativa de jurisdição e a comissão de fiscalização económica e financeira. Para a comissão política distrital António Rodrigues, que é presidente da Câmara de Torres Novas, obteve 130 votos, elegendo 36 elementos da sua lista. Enquanto o outro candidato derrotado nas eleições para a presidência da federação distrital, o presidente da Câmara de Abrantes, Nelson Carvalho, obteve 92 votos, elegendo 25 mandatos. Na comissão federativa de jurisdição e a comissão de fiscalização económica e financeira, António Rodrigues coloca quatro elementos da sua lista e Nelson Carvalho três.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo