Política | 03-10-2006 17:55

Câmara do Cartaxo aumenta pagamentos em factoring

A Câmara do Cartaxo viu aprovada pela assembleia municipal a realização de um contrato de factoring com o BPI, que prevê um aditamento de dois milhões de euros ao que já existia. Quatro milhões de euros é agora o limite de créditos da Câmara do Cartaxo para celebração de contratos de factoring que visam pagar a fornecedores.Os credores da autarquia recebem os valores em dívida através da entidade bancária, a quem a câmara terá de liquidar a dívida em prestações com os respectivos juros. No acordo entre câmara e BPI fica estabelecida uma taxa anual da Euribor a um mês, adicionada de um spread de 0,5 por cento ao ano.A Câmara do Cartaxo terá de pagar ao BPI um montante mensal de 41.666,67 euros em 48 prestações. Os eleitos do PS votaram a favor da proposta. PSD e CDU abstiveram-se e o BE votou contra, por considerar que o executivo não indicou a que fornecedores foram pagos os dois milhões de euros.Os contratos de factoring inserem-se na opção de gestão integrada da dívida de curto prazo da autarquia, que ascende a 13 milhões de euros.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo