Política | 03-07-2011 00:15

Partido Socialista insiste na extinção do boletim informativo municipal

O grupo do Partido Socialista (PS) na Assembleia Municipal de Tomar voltou a apresentar na reunião de 29 de Junho uma proposta com vista à extinção do Boletim Informativo Municipal. A proposta acabou por ser reprovada com os votos dos restantes partidos e a abstenção do Bloco de Esquerda. Já a 30 de Setembro o PS tinha apresentado uma proposta semelhante com base no argumento que “o instrumento de informação do município denominado “Boletim Informativo” é um objecto com custos elevados, muitos deles não contabilizados e que incluem uma avença, vários técnicos da autarquia que a ele dedicam muitas horas mensais, custos de tipografia, horas de funcionários que fazem a distribuição e gastos de correio” Para os socialista, a qualidade da informação publicada “não só é muito discutível prestada, como principalmente, é totalmente desconhecida a eficácia do mesmo”. A 16 de Junho foi aprovado em reunião de câmara uma autorização de despesa de 183 mil e 600 euros com vista a assegurar a impressão do Boletim Informativo em três anos que, para o PS, podia ser “substituída, com eficácia alargada”, através dos jornais locais. ““A extinção do Boletim Informativo, e em sequência, a negociação com os dois jornais locais, para a publicação regular, eventualmente semanal, de uma página totalmente da responsabilidade da autarquia. Com esta solução, reduzem-se custos, aumenta-se largamente a eficácia, e paralelamente estar-se-á a contribuir para a melhoria financeira de duas empresas locais e respectivos trabalhadores”, voltaram a argumentar, novamente, sem sucesso.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo