Política | 20-03-2012 13:47

Moita Flores atira-se ao PS de Santarém

O presidente da Câmara de Santarém, Francisco Moita Flores (PSD), aproveitou o seu blogue na Internet para acertar contas mais uma vez com o PS escalabitano, dizendo que o desafio feito pelos socialistas para que se recandidate ao cargo não é para levar a sério.“Exigia o presidente da dita (concelhia do PS) que eu cumprisse o meu mandato, o que não é irrazoável, mas exigindo que eu me recandidatasse. Exigia!!! Já não é um direito constitucional, nem um dever cívico. É uma exigência! Do PSD? Não. Do PS local. Aquele que sofreu a mais humilhante derrota de que há memória. Isto é para levar a sério? Claro que não”, publicou Moita Flores no passado sábado, rematando: “Eu sei que começou a campanha eleitoral para este pessoal. Não têm mais nada para fazer. Não espanta o chorrilho de disparates”.Recorde-se que em conferência de imprensa, o presidente da concelhia do PS, Carlos Nestal, desafiou o presidente da Câmara de Santarém a recandidatar-se a um último mandato. “Esperamos que cumpra o mandato até ao fim. Que se sujeite ao sufrágio em Santarém e não em Oeiras ou em qualquer outro sítio, para ele e o PSD poderem ser avaliados pelos eleitores”, afirmou o socialista na conferência de imprensa destinada a abordar a situação financeira da autarquia mas que acabou por focar também outros assuntos.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Vale Tejo