Política | 06-01-2013 07:45

Eleitos da Castanheira querem arranque das obras no rio Grande da Pipa

Os eleitos da Assembleia de Freguesia da Castanheira do Ribatejo, concelho de Vila Franca de Xira, exigem saber com rigor a data de inicio das obras no rio Grande da Pipa, que se têm arrastado no tempo. Numa moção aprovada por unanimidade na última assembleia de freguesia, os eleitos consideram que a época que se aproxima é “crítica e propícia a cheias” e que os moradores da Vala do Carregado “merecem mais respeito” por parte das entidades locais, que “só prometem”. A assembleia apela a que se passe “das promessas aos actos” e que a obra seja concluída, “a bem da população”.Recorde-se a obra de regularização fluvial do rio Grande da Pipa, que se destina a impedir inundações na Castanheira do Ribatejo e na Vala do Carregado, tem sido sucessivamente suspensa e só no ano passado foi suspensa por cinco vezes. Os motivos prendem-se com a propriedade dos terrenos onde os trabalhos decorrem. Os mesmos são do município de Alenquer e o processo de declaração de utilidade pública, que possibilitará a sua expropriação, ainda está na Secretaria de Estado do Ambiente. A obra é comparticipada por fundos comunitários e terá que estar pronta até 30 de Dezembro de 2013 sob pena de se perderem as ajudas do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN). Os trabalhos iniciaram-se em 2012 mas os sucessivos atrasos levaram também à ausência de trabalhadores e máquinas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo