Política | 30-01-2013 13:12

Presidente da Câmara de Alpiarça garante bom relacionamento com todos órgãos autárquicos

A vereadora da oposição na Câmara de Alpiarça, Sónia Sanfona (PS), criticou alguns "episódios" menos positivos que têm acontecido nos últimos tempos e que na sua opinião prejudicam a imagem do concelho. A autarca socialista deu como exemplo a "pública" relação tensa existente entre o presidente do município, Mário Pereira (CDU), e o presidente da assembleia municipal, Mário Santiago (independente eleito pela CDU). "Há dificuldade em perceber que o presidente da assembleia divulgue um relatório da Inspecção-Geral de Administração Local [IGAL] e que o presidente da câmara diga que a sua decisão não foi prudente", afirma.Sónia Sanfona referia-se ao comentário de Mário Pereira em sessão camarária que se mostrou surpreendido com o facto de Mário Santiago ter dado conhecimento público do relatório da inspecção ordinária da IGAL feita ao município em 2009 e 2010. O autarca afirmou que não esperava que este se tornasse público, uma vez que é confidencial. "O relatório envolve nomes de pessoas que são visadas na inspecção e deveria haver maior cuidado ao torná-lo público", reforçou na altura o autarca como O MIRANTE noticiou (ver edição 17.Janeiro.2013).Sanfona diz-se incomodada por ser público e notório que o relacionamento entre os vários órgãos autárquicos do concelho [câmara, assembleia municipal e junta de freguesia] não é o mais saudável. A autarca considera que esta situação traz não só prejuízos para o concelho como prejudica também a imagem da forma como se exerce a actividade autárquica em Alpiarça. "Ainda por cima os líderes dos órgãos autárquicos do concelho foram todos eleitos pela mesma força política. Esta é uma situação que não abona na estabilidade do concelho", sublinha acrescentando que a imagem dos líderes de costas voltadas prejudica todos os políticos do concelho.Mário Pereira partilha da opinião da colega de executivo e deseja que haja "colaboração, partilha de informação e solidariedade" entre todos os órgãos. "As pessoas conhecem-me e sem qualquer arrogância digo que a maioria da população gosta de mim e sempre mantive um bom relacionamento com todas as forças políticas. Da nossa parte tentamos dignificar o nosso cargo trabalhando em prol dos interesses dos alpiarcenses", referiu acrescentando que os próximos tempos vão "clarificar" algumas situações.O presidente da Câmara de Alpiarça garantiu que até final do mandato _ termina no último trimestre deste ano _ vão fazer tudo para ter um "bom relacionamento com todos os órgãos do concelho por respeito pelos eleitores e pela população", concluiu.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo