Política | 29-10-2013 00:00

Presidente da assembleia municipal nomeado chefe de gabinete do presidente da Câmara da Chamusca

O presidente da Assembleia Municipal da Chamusca, Francisco Velez (PS), foi nomeado para chefe de gabinete do presidente da câmara, Paulo Queimado (PS), acumulando assim as duas funções. A nomeação foi feita por despacho do presidente da câmara apresentado na primeira reunião do executivo.Na prática, o presidente da assembleia municipal (órgão fiscalizador da actividade do executivo camarário) vai trabalhar como subordinado do presidente da câmara, situação insólita e que levanta dúvidas em termos éticos e funcionais. A nomeação de Francisco Velez não foi contestada por qualquer elemento das outras forças políticas com assento no executivo.Mas em curtos comentários a O MIRANTE, Aurelina Rufino (PSD) e Francisco Matias (CDU) garantiram que a nomeação não é ilegal e que o nomeado pode acumular as duas funções. Consideraram no entanto que "eticamente" não é uma situação muito correcta."A assembleia é um órgão fiscalizador do executivo. Como é que uma pessoa vai fiscalizar uma decisão ou um projecto que ajudou a tomar?", questiona Aurelina Rufino. * Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1369
    20-09-2018
    Edição Vale Tejo