Política | 15-11-2013 13:20

Câmara de Alpiarça abate um milhão e meio de euros à dívida que herdou em 2009

O município de Alpiarça já abateu cerca de um milhão e meio de euros à dívida global de aproximadamente 13 milhões de euros, desde que entrou em vigor o Plano de Saneamento Financeiro (PSF) em Dezembro de 2009. A informação foi dada pelo presidente da autarquia, Mário Pereira (CDU), na última reunião de câmara.Mário Pereira explicou que a dívida a fornecedores actualmente é residual, estando a autarquia a pagar actualmente a 30 dias quando antes do PSF o fazia a 218 dias. Também o número de trabalhadores diminuiu nos últimos três anos passando de 189 para 164 (menos 25). Os custos na aquisição de bens e serviços diminuíram cinco por cento enquanto o pagamento de juros teve uma redução de 24 por cento.O item onde a despesa aumentou foi no apoio ao associativismo e à acção social pois a maioria que gere a autarquia considera “muito importante” ajudar as colectividades e as pessoas que no momento “difícil” que o país atravessa precisam de ajuda para “sobreviver”, referiu Mário Pereira.* Notícia completa na edição semanal de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1356
    20-06-2018
    Capa Médio Tejo