Política | 23-11-2013 18:20

14 autarcas da região nos órgãos da associação de municípios mas só um no conselho directivo

Os novos órgãos directivos da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) integram 14 presidentes de câmara da região do Vale do Tejo (21 municípios do distrito de Santarém e Azambuja e Vila Franca, do distrito de Lisboa). No conselho directivo entra apenas um autarca da região, Paulo Fonseca (PS), presidente de Ourém. No conselho fiscal figuram os presidentes das câmaras de Sardoal, Miguel Borges (PSD), e Entroncamento, Jorge Faria (PS). O conselho geral é o que integra maior número de autarcas da região eleitos pelo PS, PSD e CDU. Em maior número estão os socialistas com sete lugares ocupados pelos presidentes Pedro Ribeiro (Almeirim), Maria do Céu Albuquerque (Abrantes), Alberto Mesquita (Vila Franca de Xira), Luís Sousa (Azambuja), Francisco Oliveira (Coruche) e Anabela Freitas (Tomar). Segue-se os autarcas do PSD com Isaura Morais (Rio Maior), Jacinto Lopes (Ferreira do Zêzere) e Vasco Estrela (Mação). A CDU mete dois autarcas que são Mário Pereira (Alpiarça) e Júlia Amorim (Constância).

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo