Política | 30-06-2015 14:10

Executivo da Junta de Riachos demite-se e obriga a eleições intercalares

O executivo da Junta de Freguesia de Riachos renunciou ao cargo, na assembleia de freguesia realizada esta segunda-feira, 29 de Junho, na sequência do anúncio da demissão do presidente, Alexandre Simas, eleito pelo movimento independente GRUPPO. Sem elementos do movimento disponíveis para assumirem os cargos, vão ter que ser marcadas eleições intercalares pelo presidente da Câmara de Torres Novas, Pedro Ferreira.Divergências profundas com a Câmara Municipal de Torres Novas em relação ao acordo de execução de delegação de competências estão na base desta renúncia. Alexandre Simas foi o único presidente das dez juntas de freguesia do concelho de Torres Novas que se recusou a assinar o acordo de execução por considerar que a verba de 15 mil euros atribuída pelo município ficaria muito aquém dos 35 mil euros que a segunda maior freguesia do concelho necessita.Contactado por O MIRANTE, o presidente demissionário queixa-se de não ter autonomia para conseguir fazer o seu trabalho livremente e fazer valer os direitos dos riachenses. "Os espaços verdes e a limpeza de passeios são o mínimo. Não quero andar só aqui a cortar ervas", afirma o independente, referindo que fez um levantamento pormenorizado com todas as 630 árvores da vila e as infra-estruturas que precisam de intervenção. Alexandre Simas conta que a câmara destinou apenas 2,67 euros para a manutenção de um pequena zona com relva. "Isto não dá nem paga as deslocações do funcionário", lamenta.O presidente da Câmara de Torres Novas, Pedro Ferreira, afirma que "as regras foram iguais para todas as freguesias" no que diz respeito aos acordos de execução e lembra os investimentos efectuados pelo município na Rua da Costa Brava e na ETAR de Riachos. "O que faz mais confusão é ser a meio do mandato e no meu entender não era preciso ele tomar esta posição", afirma o autarca.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo