Política | 12-01-2017 20:40

Deputados pedem soluções para a ponte da Chamusca

Deputados pedem soluções para a ponte da Chamusca
PROBLEMA

Projecto de resolução do PS recomenda instalação de semáforos no imediato e que se estudem soluções de longo prazo para aquela travessia.

O grupo parlamentar do Partido Socialista apresentou um projecto de resolução na Assembleia da República onde recomenda ao Governo que “sejam promovidas soluções de curto-prazo de menorização dos problemas de circulação na Ponte João Joaquim Isidro dos Reis” - também conhecida como ponte da Chamusca -, “nomeadamente através da instalação de semáforos” e que “se estudem soluções sustentáveis, de longo prazo, para os constrangimentos existentes”.

No texto do projecto de resolução, assinado pelos deputados do PS Hugo Costa, António Gameiro, Idália Serrão e Luís Testa e que será votado pelo plenário, refere-se que essa travessia sobre o Tejo, que liga os concelhos de Chamusca e Golegã, tem dificuldades diárias de circulação, que se agravaram depois das obras concluídas em 2013 com diminuição da dimensão das faixas de rodagem, por motivos de segurança.

Actualmente dois camiões não se conseguem cruzar na ponte o que por vezes origina bloqueios no tráfego, sobretudo em dias de visibilidade reduzida. A sinalização semafórica é uma solução que está projectada desde 2013 mas que até à data não foi implementada.

No mês passado os presidentes das Câmaras da Chamusca e da Golegã tinham já reforçado junto do Ministério do Planeamento e das Infraestruturas a necessidade de uma nova ponte sobre o Tejo na zona, alegando que a actual “estrangula o trânsito e o desenvolvimento económico” da região.

Os deputados do PS sublinham que essa zona da Lezíria do Tejo é predominantemente agrícola mas também engloba um conjunto de indústrias relevantes, destacando o Eco Parque do Relvão, “um complexo ambiental e de tratamento de resíduos, que é o mais relevante a nível nacional”.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1351
    16-05-2018
    Capa Médio Tejo