Política | 20-09-2017 19:18

'Anita' renunciou ao mandato na assembleia municipal a seis meses das eleições

'Anita' renunciou ao mandato na assembleia municipal a seis meses das eleições

A agora candidata do Bloco de Esquerda à presidência do município de Salvaterra de Magos raramente compareceu às sessões.

O MIRANTE assistiu à última sessão da Assembleia Municipal de Salvaterra de Magos deste mandato, realizada na noite de 14 de Setembro, e ao constatar mais uma ausência da eleita do Bloco de Esquerda (BE) e actual candidata à presidência da câmara municipal pelo mesmo partido, Ana Cristina Ribeiro, ficou a saber que esta renunciou ao mandato na assembleia municipal há cerca de seis meses.

Já em Abril deste ano, a sua ausência foi a mais notada na sessão de homenagem aos presidentes de câmara e da assembleia municipal após o 25 de Abril de 1974. Anita, como também é conhecida, optou por não comparecer na sessão onde também ela iria ser distinguida.

Recorde-se que a ex-presidente da Câmara de Salvaterra de Magos, que não se pôde recandidatar ao cargo em 2013 devido à lei de limitação de mandatos, foi cabeça-de-lista do BE à assembleia municipal. No entanto, perdeu esta eleição e apareceu apenas no dia da tomada de posse e na primeira sessão realizada no dia 13 de Novembro. A partir dessa data nunca mais compareceu. Justificou as suas faltas por motivos de férias, por não se encontrar no concelho ou por motivos pessoais. Até que há cerca de seis meses decidiu renunciar ao mandato.

As justificações para as suas faltas foram sempre aceites pela mesa da assembleia, até que na sessão de Junho de 2015 o presidente desse órgão, Francisco Madelino (PS), decidiu colocar o assunto aos eleitos, justificando que a sua "generosidade da interpretação da lei tem sido levada ao extremo". A assembleia decidiu por maioria rejeitar a justificação da falta. Com a decisão de chumbar a justificação da falta da autarca, a eleita municipal do BE, Lénia Belas, que se apresentou para a substituir, não pôde ocupar o seu lugar.

Ana Cristina Ribeiro repetiu durante este mandato na assembleia municipal o mesmo que fazia nas reuniões de câmara quando era presidente do município de Salvaterra de Magos. Em Dezembro de 2012 (ver edição 13 Dezembro 2012) O MIRANTE dava conta que a então presidente esteve dois meses sem aparecer nas reuniões públicas da autarquia e raramente era vista nos paços do concelho ou em eventos públicos. Um ano antes já O MIRANTE tinha chamado à atenção para as ausências de Ana Cristina Ribeiro. Nessa altura, um problema de saúde foi o motivo invocado. Eram frequentes os adiamentos das reuniões de câmara e uma das sessões chegou a ser adiada duas vezes.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo