Política | 17-10-2017 10:29

Tribunal de Contas aprova compra da antiga Marinha em Vila Franca de Xira

Tribunal de Contas aprova compra da antiga Marinha em Vila Franca de Xira

Com a aprovação do tribunal será agora possível avançar com o negócio de compra dos terrenos pelo valor de oito milhões e 100 mil euros.

O Tribunal de Contas aprovou a compra dos terrenos da antiga Marinha, em Vila Franca de Xira, adiantou esta semana a câmara municipal em comunicado. A autarquia foi informada da decisão na segunda-feira, 16 de Outubro. Com a aprovação do tribunal será agora possível avançar com o negócio de compra dos terrenos, pelo valor de oito milhões e 100 mil euros. Para o presidente do município, Alberto Mesquita, esta constitui uma “boa notícia” que permite concretizar “uma solução para dinamizar e revitalizar uma zona muito importante para o desenvolvimento do concelho”. O autarca salienta ainda que “a saúde financeira da câmara municipal” permite “encarar com tranquilidade” esta oportunidade de compra, “fruto da sua gestão rigorosa”.

Através desta aquisição, o município pretende protagonizar e liderar a reconversão urbanística daquela área de grandes dimensões, que permite criar uma nova ligação urbana estruturada entre Vila Franca de Xira e Alhandra. A operação possibilita vários usos do espaço, nomeadamente ao nível da criação de espaços de lazer e recreio bem como de espaços destinados à prossecução de actividades económicas. O estudo prévio para o local, pedido pela câmara, sugere a implantação de novos espaços de serviços (entre os quais o Tribunal do Comércio), empresas, comércio, lazer, desporto, ensino superior, entre outras possíveis utilizações. “Os muros da antiga Armada deverão deixar de existir para interligar toda a zona. Pretende-se que a requalificação preconizada seja concretizada através de parcerias com entidades públicas, associativas e privadas.”, acrescenta a câmara.

Entre as ideias a concretizar no local está a finalização do nó de acesso à autoestrada, um novo terminal rodoviário, estacionamento, reactivação do antigo apeadeiro da CP, criação de uma nova via de circulação pedonal, ciclável e rodoviária, reforço de áreas verdes e uma nova marina.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1352
    24-05-2018
    Capa Vale Tejo