Política | 23-10-2017 11:42

Executivo camarário de Alcanena não aumenta custos

A restante vereação é composta pelos vereadores Gabriel Feitor e Maria João Rodolfo, eleitos pela coligação PSD/CDS/MPT.

O quinto vereador eleito pelo Partido Socialista para o executivo camarário de Alcanena, Óscar Pires, não vai ter pelouros ou representações. Uma decisão que vem no seguimento da promessa feita pela presidente da câmara, Fernanda Asseiceira (PS), no seu discurso de tomada de posse para este terceiro mandato à frente do executivo , de não aumentar as despesas com a vereação.

Óscar Pires continua como adjunto no gabinete de apoio à presidência, cargo que já ocupava nos anteriores mandatos, e exercerá a função de vereador em regime de não permanência, tal como os vereadores da oposição.

Na primeira reunião do executivo de Alcanena para o quadriénio 2017/2021, que aconteceu no dia 18 de Outubro, Fernanda Asseiceira apresentou o seu executivo com Maria João Gomez, que se mantém como vice-presidente, e os vereadores Luís Pires e Hugo Santarém que estarão como vereadores a tempo inteiro, eleitos pelo Partido socialista.

A restante vereação é composta pelos vereadores Gabriel Feitor e Maria João Rodolfo, eleitos pela coligação PSD/CDS/MPT. Nesta primeira reunião do executivo Maria João Rodolfo foi substituída por João Pinto.

As reuniões de câmara públicas vão manter-se nas primeiras e terceiras segundas-feiras de cada mês, às 15h00.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo