Política | 09-11-2017 15:10

Ourém investe 2,9 milhões em redes de drenagem de águas

Projectos serão enquadrados numa candidatura ao POSEUR para territórios de baixa densidade.

O Município de Ourém aprovou por unanimidade os projectos base referentes às redes de drenagem de águas residuais em duas uniões de freguesias, no valor de 2,9 milhões de euros, anunciou a autarquia.

Os projectos base referentes às redes de drenagem de águas residuais em Ramalheira e Casal da Sobreira (União das Freguesias de Freixianda, Ribeira do Fárrio e Formigais) e Rio de Couros e Casal do Secos (União de Freguesias de Rio de Couros e Casal dos Bernardos), no concelho de Ourém, distrito de Santarém, foram aprovados na última reunião de Câmara, onde também recebeu luz verde o projecto de infraestruturas em "baixa" nos lugares de Reca e Fárrio, num investimento global de cerca de 2,9 milhões de euros.

Estes projectos serão enquadrados numa candidatura ao POSEUR para territórios de baixa densidade e os "valores indicados incidem sobre os projectos base, já que posteriormente serão elaborados projectos de execução antes de ser lançada a empreitada".

A autarquia informou ainda que nas zonas de Ramalheira e Casal da Sobreira o projecto prevê a recolha e drenagem de esgotos domésticos numa área de influência que incide sobre 220 moradias.

Já em Rio de Couros e Casal dos Secos, além da recolha e drenagem de esgotos, o projecto prevê também a execução de um emissário em Rio de Couros, numa área de influência que afecta 264 moradias.

O projecto para implantação de rede de esgotos domésticos em Reca e Fárrio vai incidir sobre cerca de 150 edifícios.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1326
    22-11-2017
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1326
    22-11-2017
    Capa Vale Tejo