Política | 18-12-2017 10:56

Tomar quer vender eucaliptos da zona industrial e plantar espécies autóctones

Anabela Freitas concordou que o município tem que ter uma atitude pró-activa uma vez que, considera, as alterações climáticas já estão a acontecer.

A Câmara de Tomar vai avançar com uma hasta pública, ainda em fase de preparação, para vender os eucaliptos plantados na zona industrial da cidade. A informação foi os incêndios e possam combater as alterações climáticas que, afirma, ocorrem com cada avançada pela presidente do município, Anabela Freitas (PS), em sessão camarária. “Depois pretendemos fazer a reflorestação daquele espaço com espécies autóctones que retardam os incêndios”, explicou a autarca.

Esta informação da presidente levou o vereador da oposição José Delgado (PSD) a alertar para a necessidade do município pensar “atempadamente” em estratégias que previnam vez maior frequência e intensidade.

“Não estamos preparados para tempestades muito fortes, quer elas ocorram no Inverno ou no Verão. Deveríamos pensar, em conjunto, com calma, em estratégias que nos possam ajudar a estar preparados para quando o mau tempo vier. Não podemos contar apenas com a capacidade de desenrascanço que existe muito em Portugal. Devíamos criar um grupo de trabalho de onde saia informação clara e objectiva para o bem-estar dos cidadãos”, afirmou.

Anabela Freitas concordou que o município tem que ter uma atitude pró-activa uma vez que, considera, as alterações climáticas já estão a acontecer. A presidente informou que vai ser criada uma comissão local de acompanhamento, que vão integrar diversas instituições do concelho, além de engenheiros técnicos e arquitectos da autarquia para que possam encontrar soluções para prevenir os incêndios e as tempestades. “Queremos ter ainda durante o próximo mês de Janeiro uma primeira reunião entre todos e podemos, dentro desta comissão, criar grupos de trabalho que actuem em diferentes áreas”, disse Anabela Freitas.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1363
    08-08-2018
    Capa Médio Tejo