Política | 31-12-2017 02:24

Miguel Noras para já sozinho na corrida à liderança do PS/Santarém

O actual presidente da concelhia, Rui Barreiro, desistiu da recandidatura às eleições marcadas para 19 de Janeiro.

O ainda presidente da comissão política concelhia do PS de Santarém, Rui Barreiro, recuou na sua intenção de se recandidatar ao cargo, intenção que havia manifestado poucos dias depois das eleições autárquicas de 1 de Outubro, onde foi derrotado na corrida à presidência da Câmara de Santarém por Ricardo Gonçalves (PSD).

O histórico José Miguel Noras é agora o único candidato assumido à liderança dos socialistas escalabitanos. As eleições internas estão marcadas para dia 19 de Janeiro, uma sexta-feira.

“Ao fim de quase 3 anos e meio está a chegar ao fim esta minha passagem pela presidência da CPC do Partido Socialista. Foi com espírito de missão que aceitei este lugar de liderança partidária concelhia que terminará no início de 2018. Ponderei a possibilidade de me candidatar e, apesar de muitos incentivos para o fazer, decidi fazer uma pausa nesta actividade. Razões pessoais, familiares, profissionais e também políticas levam-me a tomar a decisão que considero mais acertada, regressando a militante de base. Continuarei como vereador da oposição a representar os eleitores que em nós confiaram e a lutar por um concelho melhor”, escreveu Rui Barreiro na sua página na rede social Facebook, no dia 27 de Dezembro.

É também no Facebook que José Miguel Noras diz ao que vem: “Nesta altura, em que poderia viver das conferências e dos livros que produzo, quero consagrar-me à liderança do Partido Socialista, na minha terra. Não pretendo nada, em troca, excepto lutar para que haja mais deputados do PS de Santarém, no Parlamento, em 2019, e um (ou uma) socialista à frente do nosso concelho, em 2021”, afirma Noras, num tom mais apaziguador e menos crítico para a actual liderança do PS do que o que utilizou quando apresentou a intenção de se candidatar, poucos dias depois das eleições autárquicas de 1 de Outubro.

Recorde-se que na altura José Miguel Noras reclamou a demissão de Rui Barreiro da liderança do partido face aos resultados do PS nas autárquicas em Santarém, em que o PSD conseguiu recuperar a maioria absoluta na câmara municipal. Noras foi presidente da Câmara de Santarém entre 1991 e 2001 e já dirigiu o PS escalabitano em anteriores ocasiões.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1373
    17-10-2018
    Capa Médio Tejo