Política | 07-01-2018 16:12

Orçamento chumbado dos SMAS volta à Assembleia Municipal de Tomar

A verba prevista para o orçamento dos SMAS para 2018 é de cerca de nove milhões e 400 mil euros.

Depois do “chumbo” pela Assembleia Municipal de Tomar da proposta do Orçamento dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS) para 2018, a câmara municipal vai apresentar mais uma vez o mesmo documento para apreciação desse órgão autárquico. A verba prevista para o orçamento dos SMAS para 2018 é de cerca de nove milhões e 400 mil euros.

Vai ser convocada uma sessão extraordinária da assembleia municipal para que o orçamento possa ser aprovado. Recorde-se que na última sessão de 2017 da assembleia municipal, o documento foi chumbado com os votos contra dos eleitos do PSD, CDU e Bloco de Esquerda. A proposta vai ser apresentada mais uma vez e deverá ser aprovado pela maioria PS, que não precisa que os outros partidos mudem o seu sentido de voto. Basta que substitua nessa sessão Arlindo Nunes (PS), presidente da Junta de Freguesia de Madalena e Beselga, também funcionário dos SMAS, que por questões éticas não deve participar na votação de assuntos relacionados com a sua entidade empregadora.

A provável aprovação do orçamento vai permitir avançar com os investimentos em curso em Vila Nova, Peralva, Charneca da Peralva, Cabeças, Ponte da Vala, Alvito e Carrascal, obras que, depois de finalizadas, aumentam para 70% a taxa de cobertura do saneamento básico no concelho de Tomar, que actualmente anda nos 58%.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1368
    12-09-2018
    Capa Médio Tejo