Política | 01-02-2018 11:08

Nova liderança da JSD de Santarém refuta acusação de irregularidades eleitorais

Às eleições de 13 de Janeiro concorreram duas listas, tendo a lista liderada por Tiago Vitorino vencido por 74 votos contra 67 votos da lista de Filipe Brígida.

A nova direcção da Juventude Social Democrata (JSD) de Santarém, liderada por Tiago Vitorino, diz que as eleições para a comissão política concelhia “foi participada, regular, legal e legítima”, refutando a acusação de irregularidades nas inscrições de 42 novos militantes. Acusações feitas pelo candidato derrotado, Filipe Brígida.

Em comunicado, a JSD de Santarém vem “repudiar e lamentar” que Filipe Brígida venha expor publicamente assuntos internos dessa estrutura partidária, “recorrendo a mentiras e acusações falsas, difamando os seus representantes eleitos”, no que considera ser uma “violação dos seus deveres enquanto militante”.

Recorde-se que Filipe Brígida revelou, em comunicado, que durante o processo eleitoral denunciou à concelhia do PSD “suspeitas de irregularidades na constituição dos cadernos eleitorais com uma entrada massiva de 42 militantes em Dezembro, com datas de admissão de 13 de Setembro que lhes conferia capacidade eleitoral activa”. Situação que considerou “um acto de completo atropelo àquilo que são as regras instituídas no partido”.

O candidato derrotado garante que não obteve qualquer explicação por parte do partido antes das eleições, pelo que levou o assunto à reunião plenária do PSD de Santarém, que se realizou a 22 de Janeiro, “para pedir esclarecimentos relativamente à aprovação em sede de Comissão Política Concelhia do PSD Santarém destes militantes por mim dados como irregulares”. Esclarecimentos que diz também terem ficado por dar.

Às eleições de 13 de Janeiro concorreram duas listas, tendo a lista liderada por Tiago Vitorino vencido por 74 votos contra 67 votos da lista de Filipe Brígida.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1338
    14-02-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1338
    14-02-2018
    Capa Médio Tejo