Política | 10-05-2018 14:00

Obras no mercado de Alpiarça vão ser por ajuste directo

Obras no mercado de Alpiarça vão ser por ajuste directo
Foto DR

Projecto tem co-financiamento a 85 por cento de fundos comunitários, num investimento total de cerca de 450 mil euros.

A Câmara de Alpiarça vai proceder a um concurso por ajuste directo para avançar com as obras de requalificação do mercado municipal. A decisão foi tomada pela maioria CDU que gere o município depois do concurso público ter ficado deserto.


A autarquia aprovou, o ano passado, o projecto de reabilitação e adaptação do edifício do Mercado Municipal situado no centro da vila. O projecto foi entregue na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Alentejo no âmbito da medida de regeneração urbana do programa operacional da CCDR e tem um co-financiamento a 85 por cento de fundos comunitários, num investimento total de cerca de 450 mil euros.


O projecto foi apresentado em sessão camarária e o presidente do município, Mário Pereira (CDU), explicou que o objectivo foi sempre criar maior diversidade de espaços e eventos nesse equipamento. “Este projecto está limitado pela disponibilidade financeira do Programa da ARU (Áreas de Regeneração Urbana) e foi com base nos dados que nos foram fornecidos que pedimos para ser elaborado o projecto. Pretendemos reabilitar também uma parte considerável do Largo Dr. António José Simões, criando um melhor aspecto e maior atractividade”, afirmou o autarca.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1360
    19-07-2018
    Capa Vale Tejo