Política | 19-07-2018 07:05

Erro em projecto custa 44 mil euros à Câmara de Azambuja

Empreitada da Vala do Esteiro não avançou por falta de estudo geológico.

O projecto de requalificação da zona ribeirinha de Azambuja vai custar à Câmara Municipal de Azambuja mais 44.900 euros. O valor inicialmente previsto era de 64.800 euros. O contrato entre o município e a Aqualogos, Engenharia e Ambiente, Lda foi assinado em 2016 e a elaboração do projecto tinha um prazo de execução de 90 dias, mas até agora não avançou por falta de um estudo geológico aos terrenos onde vai ter lugar a intervenção.

Notícia completa na edição em papel já nas bancas

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1380
    05-12-2018
    Capa Médio Tejo