Política | 03-10-2018 17:16

Presidente dos Bombeiros da Chamusca diz-se enganado por autarcas

Presidente dos Bombeiros da Chamusca diz-se enganado por autarcas

Líderes da câmara e da assembleia municipal da Chamusca debaixo de fogo por não cumprirem com a direcção dos bombeiros da terra.

O presidente dos Bombeiros Voluntários da Chamusca, José Monteiro, diz-se enganado pelo presidente da Câmara da Chamusca, Paulo Queimado (PS), e pelo presidente da Assembleia Municipal da Chamusca, Joaquim Garrido (PS). Em declarações a O MIRANTE, José Monteiro, diz que os dois não cumpriram a promessa de isentar do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) dois blocos de apartamentos, na Quinta do Nicho, que são propriedade da associação humanitária.


“As promessas começaram em Março de 2017, quando nos apareceu uma conta de IMI de cerca 3 mil euros”, conta o presidente dos bombeiros. “Nessa altura disseram-me nas Finanças que a câmara poderia isentar e fui falar com o presidente da câmara que se comprometeu a aprovar o regulamento para poder fazer a isenção, mas não se fez nada em 2017 e pagámos os 3 mil euros”, explica José Monteiro.

Notícia desenvolvida na edição em papel esta quinta-feira nas bancas

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1372
    10-10-2018
    Capa Médio Tejo