Saúde | 28-02-2009 08:35

Asssembleia municipal quer esclarecimentos sobre transferência de serviços do Hospital deTomar

A Assembleia Municipal de Tomar aprovou por unanimidade, na sexta-feira, 27 de Fevereiro, uma proposta do grupo municipal “Independentes por Tomar” onde é expressada “uma grande preocupação pelo actual funcionamento do Centro Hospitalar do Médio Tejo” (CHMT), nomeadamente em relação à transferência de serviços do Hospital Nossa Sra da Graça (Tomar) para o Hospital Rainha Santa Isabel (Torres Novas) e Hospital Dr. Manoel Constâncio (Abrantes). Deliberam, por este motivo, manifestar a sua oposição em relação a esta situação e repudiar o subaproveitamento das valências do Hospital de Tomar. Os eleitos contestam ainda a falta de diálogo do Ministério da Saúde com os representantes autárquicos de Tomar e a tomada de decisões na gestão do CHMT à sua revelia, “de forma encapotada e com falta de transparência” que atingem o funcionamento do Hospital de Nossa Sra da Graça, em Tomar. Para além de pretenderem esclarecimentos por parte do Conselho de Administração do CHMT em relação às suas opções de gestão, os eleitos vão solicitar uma audiência urgente com a ministra da Saúde.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1381
    13-12-2018
    Capa Vale Tejo