Saúde | 06-07-2018 20:04

Bombeiros de Constância suspendem contrato com CHMT para transporte de doentes

Bombeiros de Constância suspendem contrato com CHMT para transporte de doentes
Centro diz que os cuidados aos utentes não estão em causa

Em causa estão divergências quanto ao pagamento. Corporação diz que há facturas retidas desde o Verão do ano passado.

Os Bombeiros Voluntários de Constância suspenderam o contrato com o Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) para transporte de doentes na área do Médio Tejo devido a alegados pagamentos em atraso que a unidade hospitalar desmente. A associação humanitária informou mesmo outras corporações de bombeiros de que vai intentar um processo judicial contra o CHMT “para pagamento de todas as facturas retidas indevidamente, cujo valor ascende a 200 mil euros”.


Contactado por O MIRANTE, o CHMT garante que “tem pago todos os meses, desde o inicio do contrato, à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Constância a prestação do serviço efectuado”. E revela que “à data de 20 de Junho, o prazo de pagamento era inferior a 60 dias”, acrescentando que “nos últimos 12 meses foram pagos cerca de 1 milhão e 300 mil euros” aos Bombeiros de Constância por esse serviço.

Notícia completa na edição em papel já nas bancas

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1377
    15-11-2018
    Capa Médio Tejo