uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Susto na piscina de Samora

Utentes, técnicos e funcionários da Piscina Municipal de Samora Correia não ganharam para o susto quando ouviram “um enorme estrondo” na segunda-feira, 5 de Janeiro, cerca das 19h00.

Edição de 07.01.2004 | Sociedade
“Pensámos no pior e a nossa preocupação foi retirar as crianças da água e colocá-las em lugar seguro”, disse uma das testemunhas que colaborou na evacuação do edifício.O barulho, semelhante ao de uma explosão, ouviu-se a centenas de metros de distância. Segundo o vice-presidente da Câmara Municipal de Benavente, Carlos Coutinho, o ruído foi provocado pelo rebentamento de uma correia da turbina de ventilação da nave da piscina.Na altura, estavam no interior das piscinas dezenas de crianças e jovens das turmas de natação da Sociedade Filarmónica União Samorense e da Academia Gimnodesportiva de Samora Correia e alguns utilizadores a título individual.Quando os bombeiros chegaram ao local já estava toda a gente na rua e o quadro da electricidade desligado. Os socorristas fecharam as válvulas do gás e verificaram que não havia qualquer fuga.O comandante dos Bombeiros Voluntários de Samora Correia elogiou a reacção dos funcionários e técnicos que rapidamente evacuaram as piscinas e colocaram as crianças em local seguro. “É um sinal de que a nossa cultura de sensibilização e formação das pessoas está a dar frutos. As pessoas responderam bem”, disse.Uma funcionária das piscinas disse a O MIRANTE que as crianças reagiram melhor que os adultos, “talvez por não se aperceberem do que poderia estar a acontecer”.A turbina foi reparada na noite de segunda-feira e a piscina reabriu, normalmente, no dia seguinte.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...