uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Anomalias na Horta da Fonte

Discoteca do Cartaxo tem 60 dias para corrigir irregularidades

Anomalias graves ao nível da higiene, salubridade e condições de segurança foram as conclusões do relatório de uma vistoria efectuada em Outubro à discoteca Horta da Fonte, no Cartaxo, que aconselhou o encerramento do conhecido estabelecimento de diversão nocturna.

Edição de 14.01.2004 | Sociedade
O resultado da vistoria, efectuada pela Direcção de Finanças de Santarém, Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e Direcção da Alfândega de Peniche, foi apresentado ao Governador Civil de Santarém pela PSP do Cartaxo.Depois de receber o relatório, Mário Albuquerque pediu o parecer à Câmara do Cartaxo, enquanto entidade responsável pelo licenciamento, e às autoridades sanitárias ao nível local que confirmaram as irregularidades.Na semana passada, o Governador Civil reuniu-se com o presidente da câmara e ficou acordado que o proprietário da discoteca terá 60 dias para regularizar a situação. No caso das intervenções a efectuar o justificarem, o estabelecimento poderá ter que fechar as portas temporariamente, como confirmou ao nosso jornal Mário Albuquerque. “São matérias que serão ultrapassáveis com algum empenhamento do empresário”, revela Mário Albuquerque. O presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Paulo Caldas, mostra-se também convencido de que as anomalias detectadas serão facilmente supridas.Depois das respectivas alterações serem concluídas, o estabelecimento receberá a visita da comissão de vistoria, composta por elementos da delegação de saúde, PSP, bombeiros e Governo Civil, que deverá avaliar se o espaço está em condições de continuar a funcionar.Ao que O MIRANTE apurou já estão a ser tomadas medidas no sentido de corrigir as anomalias detectadas. É o caso dos extintores, que até aqui se encontravam no interior dos balcões e que já estão colocados à vista dos utentes, como estabelecem as regras.A sinalização das saídas de emergência, colocação de tranca nas portas de emergência e a remodelação da copa serão outras mudanças a efectuar na discoteca, que funciona há 25 anos no Cartaxo.O MIRANTE não conseguiu obter um comentário sobre o assunto por parte do proprietário do estabelecimento.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...