uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Manuel Pereira

“Até há algum tempo costumava ficar todos os meses com algum dinheiro de poupança. Neste momento, já gastei o que tinha poupado nos últimos anos e o ordenado ao fim do mês mal chega para as despesas”

54 anos, distribuidor de cerveja, Almeirim

Edição de 21.01.2004 | Agora falo eu
Qual é o melhor remédio para curar uma constipação? Sou adepto das mezinhas caseiras. Por isso, o meu remédio é sempre mel com whisky fervidos. É remédio santo. Os comprimidos, normalmente, não têm um efeito tão rápido. Já alguma vez cantou num karaoke?Isso nunca fiz. Mas quando era mais novo costumava cantar nas festas e bailaricos da minha terra (Coruche). Quando isso acontecia era porque a malta já não estava muito bem, quer dizer, já estávamos um bocado alegres. Costumávamos cantar à desgarrada. Em casa é que, às vezes, canto quando estou bem disposto. No banho não costumo cantar, mas às vezes assobio. Tem esperança que o ano de 2004 seja melhor?Não tenho nenhuma esperança que a situação do País melhore este ano. Estou um bocado desmoralizado em relação ao rumo do País e às medidas que têm sido implementadas por este Governo. Se 2003 já foi mau, este ano não deve ser muito melhor. Vai continuar a haver desemprego e fraco poder de compra dos portugueses. Com os novos gestores privados nos hospitais vai mudar alguma coisa na assistência aos doentes?A organização dos hospitais não pode melhorar de um momento para o outro, mas acredito que com o novo modelo de gestão vão mudar algumas coisas. Julgo que vai haver uma preocupação em evitar gastos desnecessários que podem ser aplicados depois na melhoria dos equipamentos das unidades hospitalares. Deixou de comer borrego por causa da doença de Scrapie?Normalmente, não costumo comer carne de borrego, nem de vaca, porque desde novo nunca fui habituado a comer estes tipos de carne. Habitualmente as minhas refeições são à base de peixe e de carne de porco. Por exemplo, gosto muito de cozido à portuguesa. Diz-se que tanto a carne como o peixe andam contaminados, mas se formos a pensar nisso não comemos nada. Sentiu a quebra no poder de compra?Até há algum tempo costu-mava ficar todos os meses, com algum dinheiro de poupança. Neste momento, já gastei o que tinha poupado nos últimos anos e o ordenado ao fim do mês mal chega para as despesas. Costuma ir à missa?Já deixei de frequentar a igreja há muito tempo. Sinto algum descrédito em relação à igreja católica. Não concordo com algumas mudanças e, por outro lado, algumas atitudes de alguns padres também contribuíram para o meu afastamento da igreja. Porque é que a construção civil é um dos sectores onde há mais acidentes de trabalho?Os empreiteiros muitas vezes evitam colocar nas obras todos os equipamentos necessários para os trabalhos, bem como alguns sistemas de segurança, para reduzir os custos. Contratam pessoas de Leste, cuja mão de obra é mais barata, e não dão formação a essas pessoas sobre os riscos da actividade. Muitos trabalhadores também não fazem um esforço para usar o material individual de protecção e algumas vezes andam empoleirados nos prédios em autênticas acrobacias. Já fez compras nesta época de saldos?Não sou grande adepto de saldos. Compro roupa quando preciso e é poucas vezes. Como tenho farda da empresa onde trabalho acabo por poupar muito a minha roupa. Um par de calças ou uma camisa dura-me muito tempo. Sabe qual é o tamanho da roupa da sua mulher?Quando namorávamos até sabia, porque às vezes dava-lhe alguma peça de roupa. Depois de casarmos isso perdeu-se. Agora ela compra a sua roupa e eu compro a minha. Por isso não faço a mínima ideia que número veste. Fazer dieta é uma mania das mulheres?Já existem alguns homens que se começam a preocupar em fazer dieta. Talvez não tanto pelo aspecto físico, mas para evitar doenças provocadas pela obesidade. Qual foi a coisa mais inacreditável que lhe aconteceu?Neste momento já pouca coisa me pode surpreender. Mas há uma coisa que, se visse, me podia espantar: que é a tal modernice da troca de casais. Já tomou medicamentos genéricos?Nunca tomei genéricos e raramente tomo medicamentos de marca.Foi para esta profissão por gosto, ou porque não tinha outra opção?A princípio não tinha mais nada e comecei nesta actividade de distribuição, onde já estou há cerca 25 anos. Ao longo deste tempo aprendi a gostar do que faço, mas sinto que estou apto para desempenhar outras funções, mesmo na construção civil. Tem sorte ao jogo?Só me saiu uma vez um prémio da lotaria de 65 contos (cerca de 325 euros) e mesmo assim estive três anos para receber o dinheiro. Houve um problema com a Santa Casa de Misericórdia de Lisboa que alegava que alguém já tinha levantado o prémio, quando o bilhete da lotaria nunca tinha saído da minha carteira. Ao fim de muitas reclamações e reuniões em Lisboa lá acabei por receber o dinheiro.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...