uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Primeiros mergulhos lá para Março

Secretário de Estado dos Desportos “ratifica” piscinas cobertas da Golegã

No ano do Euro 2004, o secretário de Estado do Desporto, Hermínio Loureiro, foi à Golegã deixar um “cheque” de 875 mil euros para a construção das piscinas municipais cobertas da vila.

Edição de 21.01.2004 | Sociedade
O secretário de Estado dos Desportos Hermínio Loureiro homologou, na sexta-feira, o contrato-programa que garante a comparticipação financeira do governo na construção das piscinas municipais cobertas da Golegã, que ascendem ao valor de 1,246 milhões de euros.Para o presidente da câmara, Veiga Maltez (PS), o protocolo significa a conclusão de um projecto iniciado em 1998, no sentido de dotar o concelho de equipamentos desportivos de qualidade que evitem deslocações dos munícipes aos concelhos limítrofes.“É uma obra grande, de mais de um milhão de euros, quando se sabe que o orçamento da autarquia é de cinco milhões de euros”, destacou Veiga Maltês, acrescentando que o diálogo frutífero com a administração central desde há cinco anos é o resultado de “um reconhecimento do trabalho feito por esta autarquia”.Às palavras do edil, Hermínio Loureiro acrescentou que o contrato assinado significa um “empurrão” à prática da natação e de outras actividades no meio aquático. Em seu entender “há que dar um salto qualitativo na prática desportiva e combater o sedentarismo através do apoio à construção destas infra-estruturas, concertando entre o Estado e o poder local e contando com o associativismo e as escolas”.Para o governante, e em ano de Euro 2004 em Portugal, a Golegã representa um dos muitos exemplos de que o Estado está a investir noutras infra-estruturas desportivas, realçando que a comparticipação estatal de 875 mil euros é disso exemplo.O governante aduziu ainda a importância do aproveitamento dos fundos comunitários, provenientes do Quadro Comunitário de Apoio (QCA) III, no âmbito da Medida Desporto, quando se está a chegar ao seu limite, em 2006. Equipamento completoSegundo nos explicou o responsável técnico pela obra, Miguel Saldanha, as piscinas municipais cobertas da Golegã irão ter dois tanques à disposição. Um com 25 metros de comprimento por 12,5 metros de largura e seis pistas, e outro, destinado à aprendizagem, com 12,5 metros de comprimento de dez metros de largura. Em termos de equipamentos de apoio, a piscina estará dotada de balneários para ambos os sexos, bem como o mesmo tipo de espaços atribuídos a monitores e professores e até sala técnica e de pais. O complexo disporá também de um ginásio, posto médico e salas de apoio administrativo.Para que a utilização das piscinas seja tão boa de Verão como de Inverno, a água dos tanques será climatizada, num recinto que dispõe de ar condicionado e gestão da qualidade da água. Haverá ainda cinco filas de bancadas para os espectadores e um local destinado à imprensa quando se realizem competições oficiais. Situadas por trás do edifício dos paços do concelho e do tribunal da Golegã, numa zona desportiva, as novas piscinas cobertas têm um prazo de execução estimado de dez meses. As obras iniciaram-se em Maio de 2003, sendo provável que tudo esteja a postos durante o mês de Março de 2004. As actuais piscinas descobertas, também situadas naquela zona, vão continuar em funcionamento.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...