uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Câmara quer parar obras da Refer

Câmara quer parar obras da Refer

Proibida circulação de camiões com mais de 12 toneladas nas estradas do concelho de Tomar

As obras de modernização da Linha do Norte correm o risco de parar no concelho de Tomar. A Refer não se responsabiliza pelos estragos provocados nas estradas municipais e a câmara decidiu proibir a circulação de camiões nalgumas zonas.

Edição de 07.04.2004 | Sociedade
“Trânsito proibido a automóveis de mercadorias de peso total superior a 12 toneladas”. Esta frase vai poder ser encontrada em breve nas estradas municipais de cinco freguesias do concelho de Tomar e tem como alvo exclusivo os camiões dos empreiteiros contratados pela Refer – Rede Ferroviária Nacional, no âmbito da requalificação da Linha do Norte.Há mais de um mês (23 de Fevereiro) que a Câmara de Tomar tinha avisado – ou a empresa ferroviária decidia quem se responsabiliza pelos estragos provocados pelos camiões nas estradas municipais do concelho ou partia para medidas mais drásticas. Como até segunda-feira a Refer continuava remetida ao silêncio, o executivo camarário decidiu cumprir a ameaça, deliberando a colocação de placas de sinalização verticais em todas as estradas municipais por onde as viaturas pesadas dos empreiteiros da obra de requalificação da Linha do Norte têm de passar.A proibição de circulação a veículos de peso superior a 12 toneladas vai afectar as freguesias de Beselga, Carregueiros, Madalena, Paialvo e Sabacheira, incidindo em todas as estradas municipais que têm ligação com a estrada nacional (EN) 113, EN 349-3 e EN 358.As vias municipais que interligam com as referidas estradas nacionais são as únicas alternativas de acesso dos camiões da empreitada da Linha do Norte a várias obras em curso, nomeadamente construção da passagem superior em Vila Nova (Paialvo), construção de uma nova estação em Porto da Lage (Madalena) e Vale dos Ovos (Estação de Fátima, Sabacheira) e ainda obras de pavimentação na Estação de Chão de Maçãs (freguesia de Sabacheira).“O que nós pretendemos é que as obras da Linha do Norte parem”, referiu o presidente do município, acrescentando que, talvez assim, a Refer deixe de fazer ouvidos de mercador a todas as reclamações apresentadas pela autarquia e se disponibilize para se sentar à mesa das negociações, o que até agora não aconteceu.A par da placa de proibição de circulação de veículos com mais de 12 toneladas, serão ainda aplicadas duas placas adicionais - uma a permitir o acesso deste tipo de automóveis pesados à indústria e comércio locais (nomeadamente fábricas e supermercados) e outra dando também autorização de circulação a viaturas de maior envergadura da câmara.Na reunião do executivo ficou ainda deliberado comunicar a decisão à GNR, para que se fiscalize o cumprimento da disposição camarária. A partir da data da colocação das placas, a força militarizada passará a ter legitimidade para passar multas e levantar autos aos que desobedecerem à sinalização.O nosso jornal contactou a Refer mas até à data de fecho desta edição não obteve da empresa qualquer comentário sobre a questão.Margarida Cabeleira
Câmara quer parar obras da Refer

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...