uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Autosant e Motosant com entradas gratuitas

Autosant e Motosant com entradas gratuitas

Automóveis e motos enchem o pavilhão da Nersant em Torres Novas
Edição de 14.04.2004 | Economia
Entradas gratuitas e um maior número de expositores das mais conceituadas marcas são os grandes atractivos do IX Salão Automóvel - Autosant que, este ano, inclui a primeira edição da Motosant. Os certames, organizados pela Nersant – Associação Empresarial da Região de Santarém –, vão encher o pavilhão da associação, em Torres Novas, de 22 a 25 de Abril.Mitsubishi, Rover, Seat, Daewood, Lancia e Citroen são algumas das 14 marcas de automóveis que marcam presença no Autosant, quanto ao Motosant as atenções dos visitantes vão dispersar-se pelas potentes Kawasaki, Honda, Yamaha, Suzuki ou KTM, entre outras, para além dos stands com exposição de peças, acessórios e componentes para motos.Segundo as perspectivas da organização, as entradas gratuitas irão aumentar, em cerca de 30 por cento, o número de visitantes, que também por estimativa deverão atingir os 10 mil. Anteriormente, a Nersant fazia chegar às caixas do correio de particulares e empresas milhares de convites para os seus certames, mas mesmo assim a receita obtida nas bilheteiras era significativa.No entanto, conforme foi divulgado por dois dos dirigentes da associação presentes na conferência de imprensa para divulgação do evento, João Artur Rosa e Filipe Martins - a obtenção de lucros com a realização das feiras não constitui um objectivo da Nersant: “Estas iniciativas não podem dar prejuízo, o orçamento tem de ficar coberto com os patrocínios, esse é o primeiro objectivo, o segundo é a divulgação das empresas da região e quantas mais pessoas vieram ao salão melhor ”, frisou João Artur Rosa.Mas quanto custa uma feira como a Autosant, e este ano também a Motosant, é uma questão a que a associação empresarial se escusa a responder: “Pensamos que é um assunto que diz respeito à direcção”, diz João Artur Ramos.Ao contrário do que é habitual, o Salão Automóvel da Nersant de 2004 não irá contar com a presença de grandes modelos automóveis – Ferrari ou Maserati - que em edições anteriores eram apresentados como cabeça de cartaz. Para esta ausência há duas justificações. Por um lado, os importadores preferem guardá-los para o salão automóvel da Feira Internacional de Lisboa (FIL) e, por outro o objectivo é a promoção das empresas da região e a presença desses modelos polarizava demasiado as atenções.A Autosant é de todas as feiras da Nersant a que mais negócios directos proporciona. “E como é uma feira para toda a família, as transações são feitas na altura, porque se o marido vê o motor e o modelo, a mulher escolhe a cor e o negócio é logo fechado”, adianta João Artur Rosa.A completar o certame, o programa de animação dedica o dia 24 de Abril, sábado, às provas de todo o terreno, com uma demonstração de kartcross, pelas 16h00, com a presença do campeão nacional Armindo Lopes, e duas horas depois haverá um raide em que participa o piloto profissional José Ferraz.No domingo, 25 de Abril, o tunning será o alvo das atenções com uma prova de SPL, potência das colunas (às 11 horas) e outra de arranque (às 16 horas). Em todos os dias do certame, os visitantes podem experimentar a sensação de conduzir um modelo da Ford, no simulador, ou aventurar-se a subir num balão de ar quente das tropas Aero-Transportadas de Tancos.Novas apostasInovar o sector das feiras continua a ser uma das apostas da Nersant. Para já há uma nova equipa, formada por Márcia Madeira, Vítor Leite e Ana Leão, e estão previstas três novos certames a divulgar oportunamente.Para já, sabe-se que para meados de Maio está programada para Torres Novas uma feira digital com a presença dos maiores especialistas a nível nacional da informação digital. Um outro certame dedicado ao mercado imobiliário marcará lugar no pavilhão da Nersant no Cartaxo e, para Santarém, em local a definir, está prevista a primeira feira de stocks da região. “Uma feira de produtos de fim de estação ou de fim de linha, onde todo se pode comercial e pelo que conhecemos estamos em crer que vai ser um sucesso”, concluiu João Artur Ramos.
Autosant e Motosant com entradas gratuitas

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...