uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Mais de 370 mil euros para Constância

Assinado contrato-programa para a qualificação urbana e ambiental
Edição de 14.04.2004 | Política
O secretário de Estado da Administração Local, Miguel Relvas, assinou segunda-feira em Constância um contrato-programa que permite a execução de um projecto de qualificação urbana e ambiental do concelho. O custo total da obra orça em cerca de 965 mil euros. A comparticipação estatal é de 370 mil euros, sendo o restante suportado pelos cofres municipais.Os trabalhos incluídos no projecto de qualificação urbana e ambiental de Constância deverão estar concluídos no final do próximo ano, altura em que da Administração Central, através do Ministério das Cidades, Ordenamento do Território e Ambiente, serão desbloqueados cerca de 295 mil euros.O presidente da Câmara Municipal de Constância, António Mendes (CDU), ainda não perdeu a esperança de ver aumentada a comparticipação da Administração: “O máximo que poderemos obter é 50 por cento sobre o valor da obra e vamos tentar consegui-lo, mas se não for possível a obra será feita na mesma e creio que não haverá grandes sobressaltos no orçamento municipal”, afirmou o autarca.O projecto de qualificação urbana contempla a execução do Jardim Público em Montalvo, o arranjo do Largo da Urbanização, na mesma freguesia, o arruamento no Couto das Areias, o Largo no loteamento de Malpique e a construção de um parque infantil na mesma localidade. Estão ainda projectados os arranjos exteriores junto aos armazéns da câmara, em Vale de Mestres, que incluem os passeios na urbanização, a ligação de Vale de Mestres à Pinheira Francesa e abrigos de passageiros.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...