uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

IEP sem verbas para intervir nas estradas de Coruche

Edição de 14.04.2004 | Sociedade
O Instituto de Estradas de Portugal (IEP) não vai realizar intervenções de fundo no concelho de Coruche em 2004. A indicação foi dada pelo presidente da Câmara de Coruche, Dionísio Mendes, na sessão camarária de 7 de Abril, após reunião com o presidente do Conselho de Administração do IEP, José Rosado Catarino, no final de Março. De acordo com o autarca não estão previstas as intervenções reclamadas nas Estrada Nacionais (EN) 251, que liga Coruche a Canha, e a 119, Coruche-Infantado, bem como a desclassificação da mesma estrada no troço entre Coruche e Erra. “Não há financiamentos disponíveis e mostrámos o nosso desagrado por esta situação. Apenas está prevista a realização de obras de conservação de bermas e tapar de alguns buracos, o que é manifestamente insuficiente”, comentou o edil.Por concluir está ainda o Pontão da Agolada, que Dionísio Mendes espera que se seja concluído este ano. A última versão do IEP é de que não havia verbas para cabimentar a obra, quando tudo está na mesma desde há cerca de dois anos.Por este e outros motivos Dionísio Mendes entende que urge tomar outro tipo de medidas, não se podendo aguardar por mais um Inverno para resolver a situação. Na forja, pode estar uma acção concertada entre autarcas da região apara alertar para o problema. “Temos que tomar medidas mais públicas e os meios de comunicação social são fundamentais na divulgação”, avisou.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...