uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
“Há fome em Alverca”

“Há fome em Alverca”

Autarcas lançam alerta num jantar da liberdade
Edição de 21.04.2004 | Sociedade
Apesar de serem eleitos de partidos diferentes, os presidentes da Assembleia e da Junta de Freguesia de Alverca estão unidos na preocupação sobre os problemas sociais da freguesia. “Existe muita miséria, há fome em Alverca. Metade das pessoas que vão ao atendimento são casos sociais”, denunciou a presidente da junta, Serafina Rodrigues.Num jantar que reuniu meia centena de antigos e actuais autarcas da freguesia na sexta-feira, 16 de Abril, a autarca da CDU alertou para a necessidade de reforçar o apoio social às famílias com problemas que vão desde a fome, ao álcool, à droga e à delinquência juvenil.O presidente da assembleia de freguesia, o socialista Afonso Costa lembrou que Alverca tem mais habitantes que 74 por cento dos concelhos e apelou à reivindicação da correcção de “algumas injustiças”. “Alverca tem de ser mais reivindicativa, mais exigente”, disse. Os autarcas sustentam que a freguesia produz a maior fatia das receitas municipais e não recebe na mesma proporção.O vice-presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira ouviu as queixas dos autarcas, mas contornou a polémica. Num discurso preparado, Simões Luís (PS) optou por recordar os autarcas que faleceram e sublinhar o orgulho de ser eleito.Um orgulho vincado pelo presidente da Assembleia de Freguesia de Alverca. Afonso Costa defendeu uma maior proximidade na relação entre eleitos e eleitores. O autarca saudou a presença do antigo presidente da Assembleia Municipal de Vila Franca de Xira, Vítor Carola que renunciou ao cargo por motivos de saúde. “A assembleia ficou mais pobre e Alverca perdeu um eleito que a valorizava”, disse. A jornada de convívio terminou com todos os autarcas a cantarem abraçados o “Grândola Vila Morena”. A organização ofereceu a cada participante um lápis de madeira que faz lembrar a censura, “parcialmente abolida” e uma placa de acrílico que perpetua o momento, 30 anos depois do 25 de Abril.Para fazer história fica uma brochura editada pela Assembleia de Freguesia de Alverca onde constam os nomes de todos os eleitos desde 12 de Dezembro de 1976 e os resultados eleitorais.Os primeiros presidentes da assembleia e da junta de Alverca foram Domingos da Silva e Fernando Jorge Ferreira, ambos eleitos pela FEPU (Frente Eleitoral Povo Unido) com 44,42 por cento. Antes, Fernando Ferreira liderou a comissão administrativa formada em 6 de Julho de 1974. Já lá vão 30 anos.
“Há fome em Alverca”

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...