uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
O bode expiatório

O bode expiatório

Edição de 28.04.2004 | Cavaleiro Andante
“Sinto-me o bode expiatório, não me culpem a mim da asneira que fizeram”, clamava o vereador da CDU, António Ferreira, na reunião de Câmara do Entroncamento de segunda-feira. “Com ou sem bode isto está escrito. Não vai ser bode expiatório porque para isso tinha de trabalhar e não trabalhou. Isso é cobardia política”, contrapunha José Eduardo Fanha Vieira (PS), a propósito do aumento das taxas dos terrados cobradas no mercado semanal, que motivaram protestos de alguns feirantes. Para se perceber melhor esta linguagem de feira, sem desprimor, diga-se que a tabela de taxas a cobrar pelos terrados existe desde 1994 mas pelos vistos ninguém teve vontade ou coragem de a aplicar. Só já este ano a câmara resolveu pô-la em prática, meses depois do vereador da CDU ter sido afastado do pelouro. E os vendedores não gostaram…
O bode expiatório

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...