uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Inverter comportamentos para reduzir mortos na estrada

Alunos das escolas do distrito aprendem a andar na estrada

Cerca de oitenta alunos de vinte escolas do distrito de Santarém participaram na manhã de 23 de Abril na final distrital da Taça Escolar de Educação Rodoviária. A iniciativa, promovida pela Prevenção Rodoviária Portuguesa (PRP), tem como objectivo principal motivar as crianças dos 5º e 6º anos para as questões da prevenção rodoviária, criando hábitos e modelos de comportamento que permitam reduzir a sinistralidade rodoviária.

Edição de 28.04.2004 | Desporto
Os jovens que estiveram na final distrital tiveram de efectuar um teste prático de avaliação de comportamentos e outro teórico de avaliação de conhecimentos. A prova prática, que se realizou na Escola Fixa de Trânsito de Santarém, no bairro do Sacapeito, consistiu num percurso que cada aluno teve de percorrer de bicicleta, ultrapassando vários obstáculos que avaliavam a perícia de cada um, sem nunca esquecer o respeito pelos sinais de trânsito colocados ao longo do percurso.“Não é difícil, faz-se bem”, comentou Filipe Vitorino, da Escola Básica Integrada de Marinhas do Sal (Rio Maior), que venceu não só a prova prática como também a teórica, obtendo um total de 580 pontos. O jovem, que agora irá representar o distrito na final nacional, anda de bicicleta todos os dias e participa em provas de BTT com os amigos.Observador atento da condução dos mais velhos, Filipe diz que não se devia conduzir tão depressa, porque essa é uma das manobras que provoca mais acidentes. E tem razão, o excesso de velocidade é uma das principais causas de acidente em Portugal, um dado a que se junta outro bastante preocupante. Mais de 50 por cento das mortes na estrada são de jovens entre os 15 e os 35 anos.É por isso que as acções de prevenção rodoviária começam cada vez mais cedo. “É a este nível etário e nas escolas que se tem de desenvolver este tipo de comportamentos para que mais tarde eles sejam cumpridores e bons conselheiros para pais e avós”, refere o adjunto do Governador Civil de Santarém, António Oliveira, representante da Prevenção Rodoviária Portuguesa na Comissão Distrital de Segurança Rodoviária.O mesmo responsável salientou a importância destas iniciativas recordando que os acidentes de trânsito são a décima causa de morte a nível mundial e que, segundo alguns estudos recentemente publicados, em 2009, estima-se que possa passar a ser a terceira causa de morte no mundo.No distrito de Santarém, a Taça Escolar de Educação Rodoviária envolveu mais de mil crianças dos 5º e 6º ano do ensino básico. A selecção foi feita nas escolas utilizando material fornecido pela PRP, e os melhores de cada estabelecimento de ensino participante estiveram na final distrital, que se dividiu entre a Escola Fixa de Trânsito de Santarém (prova prática) e o Instituto Português da Juventude (prova teórica).Filipe Vitorino, que venceu no sector masculino, e Beatriz Santos (escola de Mem Ramires – Santarém), que venceu o sector feminino, vão agora representar o distrito de Santarém na final nacional da Taça Escolar de Educação Rodoviária.Entre os rapazes, saliente-se também as participações de Rafael Duarte (Instituto Educativo do Ribatejo) e André Forte (EB Febo Moniz), que ficaram a apenas cinco pontos do vencedor. Nas meninas, Dora Lopes, de Caxarias ficou no segundo lugar, também a cinco pontos da vencedora, enquanto Micaela Araújo, de Rio Maior, e Ana Gorgulho, de Tomar, ficaram no terceiro lugar, a dez pontos da primeira.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...