uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Modernização do país ficou aquém das expectativas

Modernização do país ficou aquém das expectativas

Ramalho Eanes falou em Santarém sobre a revolução de Abril e o que se seguiu
Edição de 28.04.2004 | Política
O general Ramalho Eanes afirmou no sábado em Santarém que, 30 anos após a revolução do 25 de Abril, a modernização do país “ficou aquém das expectativas e das necessidades”.Falando no encerramento de uma sessão extraodinária da Assembleia Municipal de Santarém, realizada ao final da tarde no renovado Teatro Sá da Bandeira, o primeiro Presidente da República democraticamente eleito no pós-revolução aludiu às bolsas de pobreza ainda existentes e às “falhas” nos sub-sistemas do Estado – saúde, educação, justiça, fisco - para defender que “democracia e desenvolvimento não podem viver um sem o outro”.Antes de Ramalho Eanes fazer um historial sobre as causas e as consequências da revolução, já tinham falado os representantes das várias forças políticas representadas na assembleia municipal e ainda o presidente desse órgão, José Miguel Noras, e o presidente da Câmara de Santarém, Rui Barreiro.Os dois autarcas realçaram os valores de Abril e lembraram a obra feita. José Miguel Noras, que foi presidente da câmara entre 1991 e 2001, mencionou o desenvolvimento verificado no concelho na última década, consubstanciado em obras como o complexo aquático, a nave desportiva, a nova ponte sobre o Tejo ou as duas novas pontes sobre o Alviela.Já Rui Barreiro apontou o exemplo do orçamento participativo, “bandeira política”por si dinamizada, para sublinhar o envolvimento da população na definição dos objectivos da autarquia. Um processo que, disse o autarca socialista, “visa apenas estimular a participação dos cidadãos na vida pública” e não retirar qualquer legitimidade aos eleitos locais, nomeadamente aos presidentes de junta, como o acusaram algumas forças políticas.
Modernização do país ficou aquém das expectativas

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...