uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Caneco foi para Abrantes

Os Patos derrotam Zona Alta (10-6) na final da Taça do Ribatejo

O Clube Desportivo “Os Patos” ganhou a Taça do Ribatejo de futsal ao bater, na Glória do Ribatejo, a União Desportiva e Recreativa da Zona Alta por 10-6. A equipa de Abrantes demonstrou ser superior no capítulo técnico e físico e só durante o início do segundo tempo, o jogo esteve mais equilibrado.

Edição de 05.05.2004 | Desporto
Os Patos e Zona Alta chegaram à final da Taça do Ribatejo em futsal após afastarem Os Indomáveis (5-3, após grandes penalidades) e CD Cartaxo (4-2), respectivamente. Mas se uma final é habitualmente equilibrada, a equipa de Abrantes cedo se destacou e com boas trocas de bola e combinações, confundiu os jogadores torrejanos.Logo aos dois minutos Tiago Poupino fez o 1-0 com um forte remate rasteiro e, cinco minutos depois, foi a vez de Carlos Pacheco estabelecer o 2-0, ao concluir uma jogada de contra-ataque entre Tiago e Nuno Serra.O Zona Alta conseguiu reagir através de um remate de Pisco, que Filipe Macieira defendeu. Mas o terceiro golo de Os Patos não tardou. A sete minutos do final da primeira parte, Dito rematou para o fundo das redes após recarga a um seu primeiro chuto.Pouco depois, e no seguimento de uma falta assinalada por um dos árbitros, Rui Godinho protestou fortemente e viu o amarelo, logo seguido de vermelho directo. A equipa de Torres Novas ficou reduzida a três elementos e, até ao intervalo, acabaria por sofrer o 4-0, por intermédio de Pedro Valamatos.Com o marcador desequilibrado, o Zona Alta entrou na segunda parte com uma disposição mais atacante e no espaço de minuto e meio chegou a assustar Os Patos. António José e Helder, em duas ocasiões, marcaram três golos de rajada, colocando o resultado em 4-3.O empate esteve perto após um forte remate de Pisco, que Macieira defendeu para canto, num período em que a equipa de Abrantes se veio um pouco a baixo. Mas passaram apenas dois minutos para que Os Patos se voltassem a distanciar no marcador, por intermédio de Tiago.O jogo estava animado e o Zona Alta voltou a colocar o resultado na margem mínima (5-4) com um remate à meia volta de António José.Mas a 12 minutos do apito final Os Patos derem o impulso necessário para garantirem a vitória. André, Valamatos e Tiago enviaram a bola para o fundo das redes adversárias em três ocasiões, no espaço de dois minutos e meio, o que disparou o marcador para 8-4.Até ao final dos 40 minutos o jogo já não teve história, tal foi a superioridade da equipa de Helder Rodrigues. Cada equipa ainda fez mais dois golos, por Valamatos e Tiago (Os Patos) e Pico e Luís Pereira (Zona Alta). A vitória de Os Patos não sofre contestação perante um Zona Alta voluntarioso, mas que não apresentou as credenciais técnicas e físicas do seu adversário. Na equipa de Constância Tiago e Valamatos foram os melhores, enquanto Pisco e Helder salientaram-se nos torrejanos. A equipa de arbitragem realizou um bom trabalho.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...