uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Mais um passo na luta pela permanência

Alverca venceu 2-1 Nacional da Madeira

O Alverca deu mais um passo na luta pela permanência na Superliga portuguesa de futebol, ao receber e vencer o Nacional por 2-1, em jogo da 33ª jornada, disputado no domingo, ficando em igualdade pontual com o Belenenses e a Académica.

Edição de 05.05.2004 | Desporto
Os ribatejanos entraram em campo muito nervosos, conscientes que uma derrota os colocaria ainda mais próximos da Liga de Honra, uma vez que se encontravam em desvantagem no confronto directo com os seus opositores mais próximos, Belenenses, Académica e Guimarães.Ao longo da primeira parte, os homens de José Couceiro raramente conseguiram importunar a baliza do Nacional, à guarda de Hilário. O “europeu” aproveitou a fraca prestação do Alverca e, em contra-ataques rápidos, foi sempre o conjunto mais perigoso. O brasileiro Adriano inaugurou o marcador aos 38 minutos, na sequência de um pontapé de canto, aproveitando a confusão gerada na grande área.Na reabertura da partida, o conjunto alverquense entrou determinado em dar a volta ao jogo e Bruno Aguiar teve a oportunidade de igualar o marcador, errando a baliza madeirense por escassos centímetros.Com mais um avançado, Alex Afonso - que substituiu o médio defensivo Diogo -, o Alverca ganhou um novo fulgor e de seguida Nandinho obrigou Hilário a defesa apertada, num pontapé de ressaca, após livre indirecto bem executado por Zé Roberto.Com as oportunidades a sucederem-se, foi Rodolfo Lima a colocar justiça no marcador, aos 74 minutos, a passe de Torrão. O Nacional acusou o tento sofrido e não foi capaz de reagir. Por sua vez o Alverca ficou ainda mais empolgado e chegou a vitória por intermédio de Bruno Aguiar, já em tempo de compensação.O árbitro Carlos Xistra teve uma boa actuação, ficando contudo a dúvida numa queda de Alex Afonso na área do Nacional, aos 70 minutos, não sendo assinalada qualquer falta.Benfica quase na Liga dos CampeõesUm golo de Geovanni, quase no final do jogo, deu ao Benfica uma preciosa vitória sobre o Sporting, com a equipa encarnada quase a assegurar o segundo posto, a uma jornada do fim da Superliga de futebol.Para que o quadro não se confirme seria necessário que no próximo fim-de-semana o Benfica perdesse, em casa, com a União de Leiria, e que o Sporting assegurasse os três pontos no terreno do aflito Guimarães.As contas relativas ao acesso à Taça UEFA clarificaram-se, com o Sporting de Braga e o Marítimo a ganharem os seus compromissos para se juntarem ao Nacional da Madeira no grupo de quatro clubes (o outro é o Sporting ou o Benfica).O Rio Ave, que ainda luta pelo quinto lugar, é que não poderá ter uma estreia na Europa do futebol, já que não procedeu em tempo útil à sua inscrição.Quanto à definição da última equipa a descer à Liga de Honra, tudo se complicou, com nada menos que cinco equipas ainda com a “corda na garganta”, depois da jornada de domingo.Alverca, Belenenses, Académica, Guimarães e Gil Vicente são as equipas em perigo de se juntar aos já virtualmente despromovidos Paços de Ferreira e Estrela da Amadora.À margem de toda e qualquer “conta de cabeça” estava o FC Porto, que à entrada desta 33ª jornada já era campeão e por isso se deu ao “luxo” de apresentar as reservas em Vila do Conde, para perderem (1-0) com o Rio Ave.Na Amadora, o desmotivado Estrela - isoladíssimo último - recebeu e perdeu com o Guimarães, por 1-0, com os vimarenenses muito próximos da manutenção. O Belenenses, que empatou em Paços de Ferreira (1-1), a Académica, que perdeu em Braga (2-1), e o Gil Vicente, derrotado pelo Marítimo (2-0), não fugiram da zona de perigo e poderão ficar igualados em pontos no final com Alverca e Guimarães.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...