uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Rui Filipe Rodrigues Ferreira

“Já fui apanhado em excesso de velocidade e, por azar, com o carro do patrão. Foi ele que depois me avisou e eu respondi que não voltava a acontecer. Não sou um acelera viciado, mas qualquer um que anda na estrada está sujeito a ser apanhado.

26 anos, Engenheiro de produção agrícola, Chamusca

Edição de 12.05.2004 | Agora falo eu
Um clube de strip tease pode ser um bom local para uma pessoa se divertir?As pessoas às vezes têm uma ideia errada dos bares de strip. Para mim o strip não é só um divertimento, é também uma forma de arte. Quando vê uma mulher em topless na praia o que é que faz: desvia o olhar ou olha descaradamente?Só o simples facto de ver que há uma mulher em topless implica dizer que já olhei para ela. Por isso não posso dizer que desviei o olhar. Contudo também não alinho naquele lote de mirones que param embasbacados a olhar e a incomodar a pessoa em questão.Quando foi a última vez que se confessou a um padre?Eh pá! Isso já foi há muito tempo. Foi quando fiz a primeira comunhão e me baptizei, o que aconteceu no mesmo dia. E foi porque na altura era obrigatório confessarmo-nos para podermos comungar.Os americanos vão alguma vez conseguir controlar a violência no Iraque?Penso que não. Para já estão perante um povo violento, que já deu provas de mesmo entre eles terem dificuldades em se entender. Por isso penso que mesmo com toda a grande quantidade de homens e alta tecnologia que os americanos têm no Iraque, não vão conseguir nada. Eles dizem que já ganharam a guerra, mas pelo que me parece estão a perdê-la agora. O que me parece é que o Iraque vai ser uma reedição do Vietnam para os americanos. Os militares da GNR que estão no Iraque deviam regressar de imediato a Portugal?Em primeiro lugar, penso que não estão lá a fazer nada. Não são mais cem ou duzentos homens que fazem a diferença. Contudo acho que é bom que estejamos presentes, pelo menos enquanto a situação estiver sob a égide das Nações Unidas.A crise em Portugal está para durar?E dura… e dura… A economia é uma tipa muito complicada! Tem altos e baixos, muitas vezes sem se saber porquê. Penso que a duração da crise depende muito de factores externos e também da capacidade de organização dos empresários portugueses.A selecção nacional vai ganhar o europeu de futebol?É um prognóstico difícil. Mas costuma dizer-se que quando os ensaios gerais correm mal, as récitas correm bem. Por isso estou esperançado que depois de tudo o que de mau se tem passado tudo tenha um fim feliz.A Chamusca é uma terra de fadistas, músicos e poetas?Sem dúvida que sim. Contudo é também uma terra que não sabe valorizar os seus artistas. Santos da terra não fazem milagres e é pena porque há muitos santos nesta terra.A Ascensão é na Chamusca?É. Isso é uma máxima que já apreendi desde muito novo. A ascensão é uma festa para toda a gente, não interessa que tenha um artista com mais ou menos nome é uma festa do povo da Chamusca, e onde durante os nove dias todos tentamos mostrar o que temos de melhor.Qual é o melhor país do Mundo?Sou suspeito para falar sobre esse assunto. Primeiro porque conheço pouco de outros países. Segundo porque acho que Portugal é um país maravilhoso. Não me vejo a escolher outro país para viver. Só uma excelente proposta de trabalho me faria ir viver para outro lado.Como é que se passa um fim-de-semana de sonho?Para mim uma coisa muito simples pode ser um fim-de-semana de sonho. Bastava uma boa companhia, um lugar sossegado e uma cabana.Alguma vez foi apanhado em excesso de velocidade?Já e, por azar, fui apanhado com o carro do patrão. Foi ele que depois me avisou e eu respondi que não voltava a acontecer. Não sou um acelera viciado, mas qualquer um que anda na estrada está sujeito a ser apanhado. Basta ir distraído em certos locais das estradas nacionais onde geralmente os GNR estão escondidos na caça à multa. Portugal é um bom país para se ficar rico?Honestamente não. Para quem não tem escrúpulos e tem esperteza para passar por cima de tudo e todos, acho que sim. Porque é que há tantos divórcios em Portugal?Porque também há muitos casamentos. Porque as pessoas também se casam sem se conhecerem e às vezes já se casam com “um pé atrás” e isso é meio caminho andado para a relação acabar.Concorda com a libertação dos implicados no caso de pedofilia da Casa Pia?Não havendo risco de fuga, compreendo. Porque eles fechados em casa não poderão cometer mais crimes. Por outro lado, se eles foram soltos agora, pergunto porque é que estiveram presos tanto tempo. Se havia graves indícios acho que eles deviam continuar presos.A “operação apito dourado” é para ir para diante ou foi só para show-off? É uma complicação muito grande. Eu faço ideia a rede que está por detrás disto tudo. Penso que vai ser muito difícil chegar a conclusões, mas é bom que se investigue a fundo, porque a pressão a que os árbitros estão sujeitos é muito grande.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...