uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Alverca diz adeus à SuperLiga

O Alverca perdeu por 3-1 em casa do Moreirense (nono classificado) e desceu à Divisão de Honra. Os ribatejanos juntaram-se a Estrela da Amadora e Paços de Ferreira, já despromovidos, enquanto a equipa da casa conseguiu, na sua segunda época no escalão maior do futebol português, a sua melhor classificação, melhorando o 12º posto da última época.

Edição de 12.05.2004 | Desporto
Num primeiro tempo com pouco futebol e muitos nervos, foram os comandados de Manuel Machado que conseguiram criar perigo, aos 38 minutos, quando Armando recebeu um passe da direita e, no centro da área, acabou por rematar por cima. À entrada para o segundo período, o treinador da formação de Moreira de Cónegos fez entrar o extremo Lito, para o lugar do médio Vítor Pereira, dando maior rapidez ao seu ataque.O primeiro golo do Moreirense surgiu aos 55 minutos, por intermédio de Tito, na conversão de uma grande penalidade, a punir um empurrão de Ramires sobre Lito, num lance que originou muitos protestos dos ribatejanos. Passados apenas três minutos, o avançado Manoel recebeu um passe de Lito e, à entrada da área, rematou forte, sem hipóteses para Yannick, repetindo a dose no minuto seguinte, quando apareceu solto ao segundo poste, cabeceando para o interior da baliza do desamparado guardião francês.Na sequência do lance, o médio ribatejano Zé Roberto protestou de forma veemente com o árbitro Olegário Benquerença, que lhe mostrou o cartão amarelo por duas vezes e o consequente vermelho. O Alverca tentou dar a volta a um resultado que o colocava na Liga de Honra, mas o Moreirense continuou a ser a equipa mais perigosa sobre o relvado, criando diversas oportunidades e apenas Yannick, por várias vezes, e o poste aos 63, a remate de Manoel impediram que o resultado se avolumasse.A equipa da casa ainda viu um golo ser-lhe anulado, aos 81 minutos, por falta do avançado Demétrios sobre o guarda-redes Yannick. O Alverca marcou o tento de honra, aos 85 minutos, graças a uma grande penalidade transformada por Vargas, a punir uma falta cometida sobre o próprio.Os ribatejanos contabilizaram 35 pontos, em igualdade pontual com o Belenenses, que foi incapaz de evitar a derrota (2-0) no seu estádio, frente ao “europeu” Sporting de Braga, mas o clube de Belém dispõe de vantagem no confronto directo com o Alverca

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...