uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Toiros, campinos e sardinha assada

Toiros, campinos e sardinha assada

Feira “mais castiça do Ribatejo” anima Azambuja de 27 a 31 de Maio

De 27 a 31 de Maio a festa é em Azambuja. A tradicional Feira de Maio é um dos momentos mais esperados pela população do concelho. Gastronomia, música e actividades taurinas fazem parte do programa que promete levar à vila milhares de visitantes.

Edição de 19.05.2004 | Cultura e Lazer
Ao início da noite de sexta-feira o cortejo de campinos entra com o gado nas ruas da vila de Azambuja à luz de archotes. À meia-noite distribui-se sardinha assada, pão e vinho aos populares. Este é um dos momentos mais esperados da centenária feira, que vai animar Azambuja de 27 a 31 de Maio.“A Feira de Maio é a feira mais castiça do Ribatejo. É uma instituição que já tem vida própria”, realçou o presidente da Câmara de Azambuja, Joaquim Ramos (PS), durante a conferência de imprensa de apresentação da feira, que decorreu na manhã de sexta-feira. O autarca diz que com os primeiros calores do ano começa a haver um frenesim que é o prenúncio de que se começa a aproximar a Feira de Maio. Além da componente tauromáquica, tipicamente ribatejana, o objectivo é também promover a gastronomia e as tradições do concelho.São os agrupamentos de folclore e bandas das nove freguesias do concelho de Azambuja que voltam a assegurar este ano a animação da Praça das Freguesias, no Páteo Valverde, onde os milhares de visitantes esperados poderão provar os sabores do concelho. As associações de todo o concelho preparam os pratos típicos que darão a provar aos visitantes.Para levar todos os munícipes à feira, a câmara vai disponibilizar um autocarro que fará o transporte dos populares até ao local das tasquinhas. Este ano o custo da organização da feira deverá rondar os 625 mil euros.Na sexta-feira, 28 de Maio, noite da sardinha assada, a praça do município recebe, às 17h30, uma recriação da “Eira de obrigação”, seguida de um bailarico à moda antiga. Para as 18h00, está marcada a abertura oficial da feira que contará com a presença do secretário de Estado da Administração Local, Miguel Relvas. Na sexta-feira, às 19h00, em conjunto com a Associação Pousada do Campino será homenageada Nazaré Felício, a primeira mulher a tourear, hoje com 82 anos de idade.A animação segue noite dentro com arraiais até ao romper do dia nos largos e praças da vila. No sábado, é o dia do grande espectáculo musical que este ano trará o grupo GNR à feira. No domingo de manhã os campinos desfilam pelas ruas com a banda do Centro Cultural Azambujense. Na Praça do Município será homenageado o campino, na pessoa de José Miranda, um dos homens de colete encarnado que há mais tempo participa na Feira de Maio. Será ainda entregue o pampilho de honra com o nome de “Paulo da Silva Espenica”.A feira terá cinco entradas e largadas de toiros. Quinta-feira às 19h00, sexta-feira às 22h00, sábado às 18h00, domingo às 10h30 e segunda-feira às 18h30 dezenas de populares vão saltar as tranqueiras instaladas na rua principal.No terreiro das actividades equestres realizam-se concursos de éguas na sexta-feira, às 19h00. No sábado, a partir das 11h00, há concursos de cavalo de sela, condução de jogos de cabrestos, derby de atrelagens e prova de perícia de campinos e no domingo, a partir das 15h30, realizam-se o derby de equitação e o torneio de horseball. A tradicional corrida de touros está marcada para domingo, às 17h00, e juntará duas figuras de topo do mundo taurino de há 20 anos. Manuel Jorge de Oliveira reencontra-se na arena com João Moura. Na Praça de Toiros de Azambuja estarão os grupos de forcados amadores de Vila Franca e Azambuja e a abrilhantar o espectáculo a banda do Centro Cultural Azambujense.
Toiros, campinos e sardinha assada

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...