uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Festa até o sol raiar

Festa até o sol raiar

Daniela Mercury na Feira da Agricultura, que decorre em Santarém de 5 a 13 de Junho
Edição de 19.05.2004 | Economia
Ver e ouvir a cantora Daniela Mercury ao vivo por apenas quatro euros é uma das grandes atracções da edição deste ano da 41ª Feira Nacional de Agricultura/51ª Feira do Ribatejo, que vai decorrer no Centro Nacional de Exposições (CNEMA), em Santarém, entre 5 e 13 de Junho. Esse é o ponto forte de um programa de animação que, noite após noite, promete durar até o sol raiar. A artista brasileira vai actuar na noite de 12 de Junho. O espectáculo de abertura, na noite de 5 de Junho, vai estar a cargo dos consagrados Santos e Pecadores.Para a administração do CNEMA, o rumo da feira é de futuro. Apostando na internacionalização do sector, a 41ª Feira Nacional de Agricultura será mais agrícola, mais profissional, mais abrangente e com número recorde de expositores, integrando sectores económicos complementares da agricultura, e o seu ambiente será mais familiar. Trata-se de um importante palco de “divulgação e promoção de produtos de excelência do mundo rural e agrícola” ao qual se soma “uma demonstração clara das potencialidades económicas das diversas regiões de Portugal no que refere à sua complementaridade com a agricultura, o caso, como exemplo, do Turismo Rural e do Artesanato”, comenta Luís Mira, da administração do Centro Nacional de Exposições.Um programa que põe ainda em destaque um ciclo de conferências com os temas “Agricultura com Qualidade”, “Tecnologias de Informação e Comunicação na Agro-Pecuária”, “Seminário Internacional de Sementeira Directa”, “Cooperativismo Agrícola” e “Produção Animal”.Orientado para o segmento família, apostando na animação e diversão para todas as idades, o programa de actividades traçado para 2004 é exaustivo: bares e sessões de DJ’ing ao ar livre; concertos com bandas portuguesas; festival de tunas académicas (7 de Junho); fado e folclore; largadas de toiros (às 23 horas), duas corridas de toiros integradas na feira taurina e concursos destinados aos mais afoitos e aventureiros. Não faltarão ainda espectáculos e provas com campinos, concursos equestres, mostra de coudelarias, mostra de gastronomia e vinhos, com produtos certificados, numa representação regional dos melhores pratos. E também um espaço para crianças ao abrigo da feira, que coloca à disposição um serviço exclusivo durante todo o dia com ocupações das mais variadas. “A estratégia do CNEMA passa ainda por um corte com a imagem tradicional da feira, adoptando um conceito mais adequado às novas realidades. O que passa também por uma selecção criteriosa dos expositores, layout e divulgação, com especial incidência na imprensa e rádio a nível nacional. Tudo pela qualidade e pela diferença”, frisa ainda administração.Uma Feira que dispara em várias direcções. E com êxito. Um exemplo disso mesmo é o Euro 2004. “Estamos preparados para receber o Euro 2004. Teremos grandes painéis electrónicos colocados estrategicamente na Feira, para podermos ver o espectáculo do futebol”, continua o porta-voz do CNEMA.Decisão unânime da administração foi ainda a gratuitidade dos parques de estacionamento, que irão ter o número de lugares alargado, garantindo no dia 7, dedicado ao estudante, entrada gratuita a todos os que se apresentem vestidos de tunantes.
Festa até o sol raiar

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...