uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Centenas de bombeiros desfilaram em Vila Franca de Xira

Quarenta fanfarras e mais de duas horas de marchas
Edição de 19.05.2004 | Sociedade
Vila Franca de Xira recebeu no domingo cerca de 40 fanfarras de bombeiros voluntários e municipais das regiões cCntro e Sul. Foi um dos maiores desfiles de sempre e juntou mais de um milhar de bombeiros e centenas de espectadores espalhados pela longa avenida que atravessa a cidade desde o parque urbano ao quartel dos bombeiros.Nem o forte calor (28 graus) e a final da Taça de Portugal afastaram os amantes das marchas e dos esquemas das fanfarras. “A fanfarra do Cartaxo é das melhores”, comentou José Alferes, um cartaxeiro radicado em França, que durante umas curtas férias não perdeu a oportunidade para matar saudades.“Era para ir ver o Benfica, mas optei por vir a Vila Franca”, disse, justificando o boné com o emblema da águia.Ali bem perto, Maria Mendes aguardava com ansiedade o desfile da fanfarra de Salvaterra de Magos. “Ainda faltam umas vinte”, disse um dos organizadores para desânimo da mulher. As fanfarras desfilaram por ordem alfabética, cabendo a Vila Franca de Xira a honra de encerrar o grandioso desfile. Já com mais de duas horas do rufar dos tambores e do soar dos clarinetes, lá apareceu a fanfarra mais esperada.“Adoro esta música, para ver fanfarras vou a todo o lado”, explicou Mariana Alves, uma jovem enfermeira que viajou desde a Moita para acompanhar a irmã que também desfilou.Gordos e magros, novos e velhos, uns mais clássicos, outros mais atrevidos (batendo os pratos na calçada ou atirando o bombo ao ar), desfilaram músicos e majoretes para todos os gostos.Na tribuna de honra, os autarcas, as forças vivas e os convidados dos Bombeiros de Vila Franca de Xira tiveram direito a cobertura com chapéus-de-sol e a água fresquinha, mas o público anónimo suportou o calor e alguns permaneceram no mesmo local durante mais de duas horas. No final ainda tiveram forças para aplaudir a fanfarra anfitriã.Terminado o desfile, bombeiros e acompanhantes conviveram num repasto preparado para 1700 pessoas no quartel da associação. A ideia de realizar este desfile gigante partiu do responsável pela fanfarra, chefe José Batalha e foi lançada na inauguração do quartel. Rapidamente contagiou a direcção da associação, os voluntários e as autarquias que uniram esforços e organizaram uma das maiores concentrações de bombeiros do país, longe dos fogos e perto da emoção de centenas de admiradores.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...